Lutas

Dillashaw manda aviso a rivais depois de vitória no UFC Vegas 32

TJ Dillashaw x Cory Sandhagen
Divulgação/Twitter Oficial UFC

A volta de T.J Dillashaw ao UFC foi triunfal. O americano, que esteve por dois anos suspenso por uso de doping, derrotou Cory Sandhagen na luta principal do UFC Vegas 32, no último final de semana, e já quer voltar a ser campeão dos galos.

Após a luta, Dillashaw tratou de mandar um ‘recado’ ao atual campeão, Aljamain Sterling e a desafiante, Petr Yan: quer reconquistar o cinturão da categoria, que será colocado em disputa em outubro entre o americano e o russo. Até com aposta de quem espera lutar para ter a cinta de volta em suas mãos.

– Quero meu cinturão de volta. É o meu cinturão e quero ele de volta. Não fiquei muito impressionado com a última luta entre eles. Acho que Yan vai ganhar a revanche. Aljamain não me pareceu muito bem e me vejo lutando na sequência com Petr Yan – disse o ex-dono do cinturão a

Se não bastasse a suspensão por doping, o caminho de volta de Dillashaw ao UFC também teve diversos obstáculos. Foram várias lesões segundo o lutador, uma delas que forçou o adiamento da própria luta contra Sandhagen, que seria em maio.

– O camp para maio foi tranquilo, fora o corte de peso. Mas no segundo camp, não consegui me manter saudável. A primeira lesão foi no nervo do pé, e até dois dias atrás, tinha que treinar de tênis. Depois, torci um dos ligamentos do joelho direito, o colateral medial e aí machuquei meu ombro esquerdo. Foi um camp muito duro. Não quero nem falar porque não queria dar desculpas. Não queria deixar essa luta de jeito nenhum. Estou feliz com a performance. Ganhei, mas sei que posso fazer mais do que isso – ressaltou.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top