Futebol Internacional

Diretor do Olympique de Marselha não teme grupo da Champions: ‘Tudo em aberto’

FOTO: DIVULGAÇÃO
— Continua depois da publicidade —

Os grupos da próxima edição da Liga dos Campeões foram definidos nesta quinta-feira (01), e o Olympique de Marselha, da França, caiu no indigesto grupo C, que tem ainda Porto, Manchester City e Olympiacos. Apesar disso, Pablo Longoria, diretor desportivo do Marselha, não teme uma eliminação ainda na fase de grupos e demonstrou confiança em sua equipe. De acordo com ele, tudo está em aberto.

O dirigente sabe que os jogos diante do Porto terão um contorno especial para o técnico André Villas-Boas, que agora comanda o Olympique. O português foi treinador do Porto na temporada 2010-11, que até hoje é considerada a melhor de sua carreira. Na ocasião ele conquistou a Supertaça Cândido de Oliveira, o campeonato nacional e a Taça de Portugal. Bem como a Liga Europa, título mais importante da temporada.

— É um grupo em que está tudo em aberto. O Porto vai ser muito especial para o André Villas-Boas; o Manchester City é uma das equipes de topo na Europa, muito difícil. Têm uma defesa muito boa, ainda mais agora com a chegada do Rúben Dias. Acredito que tudo pode acontecer — disse Longoria ao Téléfoot.

Apesar de aparecer, a princípio, como a terceira força do grupo, a confiança do Olympique de Marselha se faz presente por conta da renovação do elenco visando a temporada. O clube francês varreu o mercado atrás de novos talentos e apostou em Luis Henrique, de 18 anos, que vinha tendo destaque no Botafogo. Outros seis atletas foram promovidos das categorias de base do clube.

Siga o perfil do Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top