América-MG

Dói no bolso: América-MG deixa a Copa do Brasil com premiação cinco vezes menor do que a conquistada em 2020

Dói no bolso: fora da Copa do Brasil, América-MG terá premiação cinco vezes menor do que a conquistada em 2020
Foto: Estevão Germano/América

A eliminação do América-MG na Copa do Brasil não terá efeito apenas dentro de campo, mas também fora dele, por causa da premiação. Diferentemente de 2020, quando foi semifinalista e botou as mãos em uma alta quantia, o clube alviverde, desta vez, terá de se contentar com um valor quase cinco vezes menor.

+Lisca detona arbitragem de Criciúma x América-MG: ‘Tiraram o América da Copa do Brasil’

Há alguns anos, além do valor esportivo e do peso da conquista, a ‘copa democrática’ se tornou uma das competições mais valorizadas do futebol brasileiro, por conta de suas recheadas premiações fase após fase.

Na última edição do torneio, por conta de sua histórica campanha, o América-MG embolsou quase R$ 18 milhões como valor total da premiação da Copa do Brasil, o que foi de suma importância para a saúde financeira do clube. Agora, eliminado precocemente na terceira fase, o Deca cai da competição com apenas R$ 3,7 milhões no bolso, cinco vezes menos do que o conseguido em 2020.

+América-MG vive maior jejum de vitórias desde 2019

Agora, o time terá de se reestabelecer na temporada e buscar a sonhada permanência na temporada, já que é a única competição que resta em seu calendário.

Para saber tudo sobre o América-MG, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top