Corinthians

Duílio Monteiro em seu primeiro discurso como novo presidente do Corinthians: “Uma gestão participativa e democrática”

Foto: José Manoel Idalgo/Agência Corinthians

Com 1081 votos dos sócios corinthianos, Duílio Monteiro Alves foi eleito o presidente do clube para o triênio 2021-2023. Logo após o anúncio oficial, já fez seu primeiro pronunciamento ainda no Wlamir Marques, no Parque São Jorge, afirmando que será uma gestão de união e relatou herança familiar como ajuda.

Hoje venceu a vontade da família corinthiana pela transformação do nosso Corinthians, pela união e pela democracia. Um pouco sem palavras, agradecer ao meu pai que me ensinou o que é o Corinthians e hoje tenho uma responsabilidade muito grande de representar a minha família, o meu avô, meu pai, pelo que fizeram aqui no clube, pelo nome que carrego e principalmente representar quase 40 milhões de corinthianos.

Duílio ainda ressaltou sobre o trabalho em 2021: – É um prazer enorme e uma responsabilidade muito grande, a partir do ano que vem, dirigir esse clube. E como disse, uma gestão participativa e democrática, com união do clube, a gente vai conseguir superar todos os obstáculos e deixar o Corinthians ainda maior.

E sobre a herança familiar citada, o pai de Duílio, o senhor Adilson Monteiro Alves, concorreu nas eleições presidenciais de 1984, mas acabou derrotado por Roberto Pasqua. Já o avô, Olando Monteiro Alves, também tinha ligações com a diretoria do clube, mas não chegou ao cargo máximo.

Duílio assume o clube no dia 4 de janeiro e dará continuidade ao trabalho de Andrés Sanches na temporada de 2020, tendo em vista que o Campeonato Brasileiro só termina no ano que vem.

LEIA TAMBÉM: AO VIVO – O dia do Corinthians

Para saber tudo sobre o Corinthians, siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitter Facebook.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top