Mais Esportes

Dupla de Bruno Soares sai na frente, mas fica com o vice do US Open

Jamie Murray Joe Salisbury US Open Rajeev Ram Bruno Soares tri
Foto: Rhea Nall/USTA

Quase! Bruno Soares, ao lado do parceiro Jamie Murray, disputou a final do US Open pela terceira vez na carreira e teve a chance de igualar o feito de Gustavo Kuerten, ex-tenista que ergueu três taças de Roland Garros. Soares e Murray foram derrotados de virada por 2 sets a 1 (6/3, 2/6 e 2/6) pela dupla cabeça de chave #4, Rajeev Ram e Joe Salisbury.

Em 2016, o brasileiro sagrou-se campeão do Aberto dos Estados Unidos com Jamie Murray, porém, na última temporada, Bruno venceu na Arthur Ashe – quadra principal do complexo de Flushing Meadows – junto ao croata Mate Pavic.

+ Do quali à final: Raducanu desbanca Sakkari e decide US Open contra Fernandez

O JOGO

Os finalistas mostraram já no primeiro game que nenhuma das duas duplas sairiam de quadra facilmente. Durante o saque do estadunidense Ram, Soares e Murray tiveram algumas chances de quebra, mas Salisbury, da Grã-Bretanha, se manteve firme na rede para não permitir o break. A partida continuou muito equilibrada até o sétimo game, o qual o escocês garantiu o 4/3 após linda bola no fundo de quadra. Sem dificuldades, os semifinalistas do Australian Open confirmaram o game de serviço e fecharam o primeiro set com mais uma quebra.

Ram e Salisbury voltaram à quadra mais focados e iniciaram o segundo set em vantagem. Com o saque mais agressivo, a dupla #4 ganhou confiança e rapidamente abriu 4/0. Desta maneira, Bruno Soares e Jamie Murray ficaram em uma situação delicada dentro do set e, apesar da reação, foram derrotados por 6/2 e viram a final ser levada para a terceira parcial.

Mais uma vez, o irmão de Andy Murray começou sacando e o serviço não encaixou, o que permitiu quatro bolas de quebra. Mesmo com o 0-40, Soares fechou a rede e salvou as três primeiras chances, entretanto, falhou na quarta tentativa de sobrevida. Salisbury fez chover na Arthur Ashe, encontrou devoluções e voleios impressionantes e assumiu a responsabilidade do duelo. Sem sofrer nos games a favor, o britânico e o estadunidense repetiram o 6/2 e garantiram o título.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Ainda na tarde desta sexta-feira (10), o Brasil entra mais uma vez em quadra. Em busca da classificação para a final do US Open, Luisa Stefani e Gabriela Dabrowski, do Canadá, enfrentarão Coco Gauff e Catherine McNally na quadra Louis Armstrong.

Campanha Soares/Murray – US Open 2021

  • Primeira rodada: 2×0 Tommy Paul/Alexei Popyrin;
  • Segunda rodada: 2×0 Bjorn Fratangelo/Christopher Eubanks;
  • Terceira rodada: 2×1 Emil Ruusuvuori/Dominik Koepfer;
  • Quartas de final: 2×1 Marcel Granollers/Horacio Zeballos;
  • Semifinal: 2×1 Filip Polasek/John Peers.
Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top