Internacional

Edenilson e Lomba, do Internacional, estão em pré-lista da Copa América

edenilson-e-lomba-estao-em-pre-lista-da-copa-america

Meia e goleiro do colorado podem ser chamados para disputar a Copa América, que inicia neste próximo domingo (13) e será disputada no Brasil.

Internacional/Divulgação

Titulares absolutos do Internacional há pelo menos três temporadas, o goleiro Marcelo Lomba e o meio-campo Edenilson foram lembrados por Tite para integrar a lista de inscritos da seleção brasileira na Copa América. Os atletas foram colocados em uma pré-lista, junto de outros 50 atletas, mas fora dos 23 que disputarão o torneio.

Mas a convocação foi para a pré-lista de inscritos na competição sul-americana, que será realizada no Brasil e já tem seus primeiros jogos no próximo domingo (13). Devido a pandemia do coronavírus a CONMEBOL permitiu a inscrição prévia de até 50 atletas na competição. Destes 50 nomes, 23 são selecionados para participar da competição, em lista que foi divulgada pela CBF nesta quarta-feira.

Conforme apuração do site ge.com, o Inter foi notificado nesta quarta-feira (09) sobre a inscrição, porém a pré-lista não costuma ser divulgada para o público em geral. Caso hajam lesões ou infectados pela COVID-19, é possível que os atletas colorados sejam chamados para disputar a Copa América.

Para saber tudo do Internacional, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook. E se inscreva no nosso YouTube!

De acordo com as normas da competição, cada seleção pode fazer até três mudanças no elenco a partir das fases finais da competição, podendo escolher qualquer um dos nomes inscritos na pré-lista. No entanto, caso hajam cortes até 24 horas antes do início da competição, a CBF pode convocar qualquer jogador, mesmo que este não esteja na pré-lista.

No Inter desde 2016 e com 34 anos de idade, Marcelo Lomba vive no Inter sua melhor fase na carreira, que acumula passagens por Flamengo, onde foi revelado e participou do elenco campeão brasileiro de 2009, além de ter passagens por clubes como Ponte Preta e Bahia.

Já Edenilson se tornou peça-chave nas campanhas recentes do colorado, em especial na Copa do Brasil 2019 e Brasileirão 2020. Antes de chegar ao Inter, em março de 2017, Edenilson havia destacado no Caxias, chamando a atenção de Tite, então técnico do Corinthians. Atuado pelo clube paulista o meia participou do título da Libertadores e do Mundial, em 2012, e da Recopa Sul-Americana, em 2013. Após isso, foi transferido para a Itália, onde atuou pela Udinese e Genoa.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top