Campeonato Brasileiro

Edimar registra seu centésimo jogo pelo RB Bragantino em duelo marcado por excelência do setor defensivo

Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino

Correspondendo às expectativas estabelecidas antes da partida do último domingo (29), o Red Bull Bragantino se viu diante de seu maior desafio no Brasileirão 2021 contra o Atlético-MG. Apesar de jogar fora de casa, o líder do campeonato não tomou conhecimento do Massa Bruta e pressionou a equipe de Maurício Barbieri durante a totalidade dos 90 minutos, fato que não se refletiu no placar magro de 1×1. Maior responsável pelo empate, os cinco integrantes do setor defensivo registraram uma atuação memorável, que se tornou ainda mais especial para Edimar, agora dono de uma centena de aparições pelo clube.

Já em seu terceiro ano pelo Braga, o lateral esquerdo adquiriu seu status de peça indispensável a partir da temporada de 2020. Desde então, acumulou uma sequência expressiva de jogos – 45 no ano passado e 32 em 2021 -, se tornando referência defensiva e ofensiva nos esquemas elaborados pelos comandantes da equipe. Mais uma vez justificando sua seleção para o time titular, Edimar foi encarregado, no duelo contra o Galo, de aniquilar as investidas proporcionadas pelo lado direito do setor ofensivo da equipe mineira. Efetuando desarmes, roubadas de bola e vencendo duelos terrestres, o atleta natural de Cachoeiro do Itapemirim anulou os perigos oferecidos por jogadores como Hulk, Diego Costa e Jefferson Savarino, coroando a ocasião com uma atuação digna de destaque.

Para saber tudo sobre o RED BULL BRAGANTINO, siga o perfil do Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Os elogios, porém, não poderiam ser reservados somente ao homenageado da vez. Isso porque, para produzir uma atuação sólida como os torcedores do Massa Bruta puderam acompanhar, as outras quatro peças defensivas também precisaram esbanjar excelência. Apesar de não refletido no placar final do duelo, o feito pode ser explicado com maior clareza quando levados em conta os números de cada equipe durante ambas as etapas.

– LEIA MAIS: Atuações ENM: Em jogo movimentado, RB Bragantino empata com o Atlético-MG; veja notas

O setor ofensivo do Red Bull Bragantino se mostrou ineficaz diante do Atlético-MG. Ao todo, os atletas do Braga foram capazes de gerar somente cinco finalizações, com nenhuma chance sendo direcionada à meta de Éverson; o gol que inaugurou o placar a favor dos donos da casa foi marcado pelo zagueiro Nathan Silva, do time mineiro. Considerando tal fator, o roteiro da partida claramente se estabeleceu em um duelo de “ataque contra defensa”, em que o Galo apresentou um volume ofensivo exageradamente maior do que os comandados de Barbieri.

O volume com que a defesa do Massa Bruta precisou lidar se torna ainda mais expressivo quando fragmentado em algumas estatísticas. Ao todo, o Atlético-MG foi capaz de chutar 25 vezes em direção ao gol adversário, acertando o alvo em oito ocasiões. Destas oito oportunidades, Cleiton – outro grande destaque do duelo – executou seis defesas, sendo superado somente em uma oportunidade pelo estreante Diego Costa, que marcou o tento de empate do clube mineiro. Quando divididas entre os 90 minutos do embate, fica estabelecido que o setor defensivo do Braga precisou lidar com uma finalização a cada 3,6 minutos.

AGENDA

Após o movimentado duelo travado contra o rival mineiro, o Red Bull Bragantino enfim poderá aproveitar um período extenso de descanso e recuperação. Diante de sete dias para preparação, o Massa Bruta já se mantém de olho no confronto contra o Internacional, que será realizado no dia 7 de setembro, às 21h30, no Estádio Beira Rio, em Porto Alegre.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top