Cruzeiro

Zagueiro do Cruzeiro, Eduardo Brock projeta partida contra o Vila Nova-GO, cobra resultado em campo e fala em ‘erro zero’ na Série B

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Entrevistado desta sexta-feira (23), o zagueiro Eduardo Brock, que foi titular na última partida, diante do Remo, projetou o jogo diante do Vila Nova-GO, pela décima quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O jogador citou a cobrança interna do elenco e projetou uma vitória como o único resultado aceitável. Confira:

— Eu acho que é um peso de responsabilidade. De entender o porquê que as coisas não estão acontecendo do jeito que a gente quer, entender a importância de resultado positivo, não só para a tabela, mas sim para uma confiança de grupo. A gente sabe que existe uma cobrança muito grande entre nós (elenco), principalmente. A gente tem conversado cada vez mais e esse jogo é importante para uma “virada” dentro da competição. Então, a gente precisa ir atrás da vitória a qualquer custo.

Veja também: Em campanha invicta na Copa do Brasil, Cruzeiro enfrentou Vila Nova pela última vez; relembre

Brock comentou também a pressão de trabalhar em um clube como o Cruzeiro e cobrou resultado em campo como receita para deixar a fase ruim. Vale ressaltar que a Raposa não vence há sete partidas.

— No momento em que o jogador vem trabalhar em um clube gigante como o Cruzeiro, existem sim os dois fatores: num momento ruim,  a cobrança é muito forte, num momento de vitória, o ganho também é maior. A gente tem que saber lidar com as dificuldades. (…) Nós, entrando em campo, temos que ter uma tranquilidade, a sabedoria de saber que a gente tem um time bom, que nós precisamos encaixar, nós precisamos transformar isso em resultado.

Com campanha marcada por sair atrás do placar nas partidas, nessa edição de Série B, o Cruzeiro vem tomando muitos gols na fase inicial dos confrontos. Perguntado sobre o assunto, Eduardo Brock lamentou essa realidade, cobrou comprometimento do grupo durante os jogos e comentou “erro zero” na competição. Veja:

— Nós temos que ter mais atenção, claro. É muito ruim sempre começar atrás do placar, porquê tu passa um jogo todo buscando um gol e a equipe adversária baixa as linhas e se defende muito. (…) A gente tem que entrar ligado para não acontecer esses erros, na verdade, nos devemos ter “erro zero”, minimizar o erro.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top