Flamengo

Em 24 partidas, Flamengo utilizou oito duplas de zaga diferentes

(Foto: Divulgação/Instagram)

O duelo desta quarta-feira (4) contra o Athletico, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, marca a primeira ”decisão” de Domènec Torrent sob o comando do Flamengo. Mesmo com a vantagem mínima construída no jogo de ida, o treinador passa por uma forte pressão para encontrar o equilíbrio entre consolidar seu sistema defensivo e lidar com as constantes – e inevitáveis – mudanças na zaga. Lesões, desgastes e convocações fizeram Dome optar por formações diferentes nos últimos nove jogos. Hoje não deve ser diferente.

Provável titular na partida desta quarta, Léo Pereira foi o zagueiro mais utilizado na Era Dome. Foram 13 participações, sete ao lado de Rodrigo Caio. Após a baixa do camisa 3, Natan, cria da base, se tornou referência na zaga – atuando em oito das doze oportunidades.

Gustavo Henrique, bastante questionado por erros cruciais nos dois últimos jogos do Brasileirão, é o segundo zagueiro mais utilizado por Dome. O camisa 2 atuou três vezes ao lado de Rodrigo Caio, cinco com o jovem Natan e três junto ao Léo Pereira.

Além dos quatro nomes citados, Gabriel Noga e Matheus Thuler também aparecem como opções. Ambos já atuaram sob o comando de Domènec.

Confira:

  1. Rodrigo Caio e Léo Pereira – 7 jogos
  2. Gustavo Henrique e Natan – 5 jogos
  3. Rodrigo Caio e Gustavo Henrique – 3 jogos
  4. Gustavo Henrique e Léo Pereira – 3 jogos
  5. Léo Pereira e M. Thuler – 2 jogos
  6. G. Noga e Natan – 2 jogos
  7. Léo Pereira – G. Noga – 1 jogo
  8. Otavio e Natan – 1 jogo

Vezes em que foram utilizados

[13] Léo Pereira
[11] Gustavo Henrique
[10] Rodrigo Caio
[8] Natan
[3] G. Noga
[2] M. Thuler
[1] Otavio

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top