Campeonato Brasileiro - Série B

Em busca de recuperação, Figueirense e Oeste abrem 13ª rodada da Série B

Foto: Patrick Floriani/FFC
— Continua depois da publicidade —

Figueirense e Oeste abrem a 13ª rodada da Série B, na tarde dessa sexta-feira (2). A partida será realizada no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, às 16h30. Na zona de rebaixamento, o time catarinense busca a sua primeira vitória dentro do Scapelli na competição. Já o Oeste chega focado em vencer pela primeira vez fora de casa.

HISTÓRICO EQUILIBRADO

Figueirense e Oeste já se enfrentaram nove vezes na história. O retrospecto é equilibrado para as duas equipes. São duas vitórias para cada lado e cinco empates. O Furacão do Estreito contabiliza 10 gols a favor e oito contra.

No último confronto, há quase um ano, o Oeste venceu o Figueirense por 2 a 1 em Florianópolis. Os dois gols do Rubrão foram marcados pelo atacante Fábio. Já pelo Figueirense, Andrigo balançou as redes em cobrança de pênalti.

DESFALCADO, FIGUEIRENSE BUSCA PRIMEIRA VITÓRIA EM CASA

Após perder o clássico diante do Avaí e o Cruzeiro vencer a Ponte Preta, o Figueirense caiu para a 17º colocação na Série B. Com duas vitórias, quatro empates e cinco derrotas, o time catarinense acumula dez pontos e muita insatisfação.

Na coletiva após a derrota, Elano, técnico do Figueirense, demonstrou imensa irritação com as atuações dos árbitros e a falta de Árbitro de Vídeo na Série B. A revolta do técnico foi ocasionada após o árbitro Rafael Traci não marcar uma falta no início da jogada que gerou o gol do rival.

– Ou tem VAR para todos, ou não tem. Tem dinheiro, mas não querem (utilizar o VAR) (…) Por que não profissionalizam os árbitros? O lance é extremamente perigoso. Poderia ser anulado. Se tem VAR para a Série A, tem que ter para todos. (…) A maioria dos jogos está sendo decidida pelos árbitros. Contra o Guarani, a gente fez um gol impedido. Não é legal. – afirmou o comandante.

Elano criticou arbitragem na coletiva de imprensa após o Clássico. Foto: Patrick Floriani|FFC

Além da preocupação de estar na zona de rebaixamento, o técnico Elano terá um grande desafio para escalar o Furacão do Estreito para o confronto desta sexta. Os zagueiros Alemão (expulso após muita reclamação após o gol no clássico) e Pereira (terceiro amarelo) não estarão disponíveis. Além deles, o treinador ainda terá que lidar com a falta do volante Geovane e do lateral-esquerdo Sanchez. Os dois jogadores estão cumprindo isolamento social após testarem positivo para Covid-19. Sanchez já não era opção após também receber o terceiro amarelo diante do Avaí.

Provável escalação: Sidão; Lucas Carvalho, Victor Oliveira, Paulo Ricardo e Brunetti; Matheus Neris, Arouca, Everton Galdino e Marquinho; Keké e Diego Gonçalves.

OESTE COM NOVO TÉCNICO

Com apenas seis pontos em 12 partidas, o Oeste amarga a lanterna da Série B. Contabilizando uma vitória, três empates e oito derrotas, o Rubrão terá a estreia do técnico Thiago Carpini. Renan Freitas não aguentou a pressão após o rebaixamento no Paulista e o péssimo desempenho no Brasileiro.

Carpini, ex-Guarani, chega com a missão de conquistar a segunda vitória do Oeste na Série B e a primeira fora de casa.

ARBITRAGEM

Denis da Silva Ribeiro Serafim, de Alagoas, será o árbitro da partida. Os auxiliares serão Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Brigida Cirilo Ferreira, os dois também de Alagoas. Vayran da Silva Rosa, de Santa Catarina, será o quarto árbitro.

PARA SABER TUDO SOBRE OS TIMES DE SANTA CATARINA, SIGA O ESPORTE NEWS MUNDO NO TWITTERINSTAGRAM FACEBOOK.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top