Futebol Internacional

Em jogo de golaços, expulsões e prorrogação, Fiorentina vence o Napoli e se classifica na Copa Itália

Foto: Francesco Pecoraro / Getty Images

O confronto entre Napoli e Fiorentina, desta quinta-feira (13), teve todos os ingredientes de um confronto de mata-mata: emoção até o último, golaços, prorrogação e expulsões. Ao final da partida, melhor para a equipe de Florença que venceu o duelo por 5 a 2, no Estádio Diego Armando Maradona, e se classificou para as quartas de final da Copa Itália. Os gols da partida foram marcados por Mertens e Petagna, pela equipe da casa, e Vlahovic, Biraghi, Venuti, Piatek e Maleh para os visitantes.

1º TEMPO

O jogo começou muito disputado no meio campo e com uma quantidade alta de faltas cometidas para ambos os lados. Até os 10’, Napoli e Fiorentina não tinham finalizado na partida. Aos 12, Torreira antecipou à marcação e encontrou Vlahovic na área, que chutou colocado para ótima defesa de Ospina. Aos 17’, mais uma oportunidade para a Fiorentina: Saponara avançou pelo meio e finalizou, com desvio, da entrada da área e a bola saiu para escanteio. Na cobrança, o zagueiro Milenkovic subiu mais do que a marcação e cabeceou no travessão.

A Fiorentina comandava as ações do jogo, mas sem levar muito perigo ao gol de Ospina. O Napoli seguiu, por quase todo o primeiro tempo, com dificuldades na construção de jogadas e não ameaçava o goleiro Dragowski. Aos 39’, a equipe da casa finalizou com perigo pela primeira vez na partida: Politano avançou pela direita, entrou na área e chutou cruzado para fora.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

O domínio da Fiorentina teve efeito aos 41’: Nico González inverteu a jogada da direita para a esquerda, Sapora fez o domínio, driblou o zagueiro e tocou na área para Vlahovic; o sérvio dominou tirando de Tuanzebe chutou cruzado para abrir o placar. Apesar de fazer um jogo muito ruim na etapa inicial, o Napoli aproveitou sua melhor chance, até aquele momento, para deixar tudo igual: Dragowski saiu jogando errado, a bola ficou com Petagna, a zaga da Fiorentina cortou parcialmente e a sobra ficou com Mertens; o belga finalizou colocado no ângulo para marcar um golaço.

Os bons ventos da partida pareciam mudar de lado. Após ser decisivo no gol de empate sofrido, Dragowski falhou novamente e acabou expulso em lance de falta cometida em cima de Elmas, aos 47’.

2º TEMPO

O empate no fim do primeiro tempo e a possibilidade de atuar com um jogador a mais durante 45 minutos fizeram o Napoli mudar de postura na volta do intervalo. A virada no placar quase veio log aos 2’: Lobotka encontrou Mertens na área, o belga cruzou para Petagna finalizar rente a trave direita de Terracciano. Aos 4’, nova oportunidade para o Napoli: Ghoulam cruzou na pequena área, Demme escorou para o gol, mas o goleiro da Fiorentina fez ótima defesa e colocou a bola para escanteio. Aos 12’, o castigo para os napolitanos: Biraghi cobrou falta da entrada área, a bola bateu na barreira, mas na volta o lateral acertou um belo chute para colocar a Fiorentina de novo na frente.

+

+ Rodrygo comemora nova chance na seleção brasileira e fala em evolução

+ Newcastle anuncia a contratação de Chris Wood

 O jogo voltou a ficar disputado no meio-campo e com muitas jogadas violentas. A Fiorentina procurava se defender com um jogador a menos e cumpria com êxito sua estratégia. Do lado do Napoli, a equipe buscava as jogadas aéreas sem sucesso e os jogadores começaram a se irritar com a desvantagem no placar, a medida que o tempo passava. O time da casa seguia tentando chegar ao gol de Terracciano e quase chegou ao empate aos 34’: Lozano fez ótima jogada individual pela esquerda, carregou para o meio, finalizou forte e a bola explodiu na trave. Mas em um momento de descontrole, o mexicano acabou expulso, depois de pisar no tornozelo de Nico González, aos 39’.

Para piorar a situação do Napoli, Fabian Ruiz cometeu falta dura em Torreira, no meio-campo, levou o segundo cartão amarelo e acabou expulso, aos 47’. Mas o que parecia improvável naquele momento da partida aconteceu aos 50’: Mertens fez o cruzamento rasteiro na área, a zaga da Fiorentina não fez o corte e Petagna completou para as redes, levando o jogo para a prorrogação.

PRORROGAÇÃO

O tempo extra foi um jogo de ataque contra defesa. A Fiorentina estava decidida a não dar chances ao adversário e pressionou desde o primeiro minuto. No Napoli, o desgaste físico dos jogadores era evidente, apesar das substituições, e objetivo era levar a partida para os pênaltis.

O Napoli resistia bem à pressão da Fiorentina nos primeiros 15 minutos da prorrogação, mas no último lance Venuti colocou a equipe de Florença de volta à frente do placar: o camisa 23 escorou cruzamento de Maleh no cantinho direito do goleiro Meret.

Na segunda etapa, o Napoli se lançou ao ataque, mas o cansaço e diferença numérica foram determinantes para a Fiorentina construir o placar e confirmar a classificação as quartas de final da Copa Itália. Aos 2’, Piatek completou cruzamento de Venuti na pequena área para fazer o quarto gol e, aos 14’, Maleh decretou a vitória por 5 a 2.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top