Tênis

Em maratona de 5h, Diego Schwartzman leva a melhor e alcança semifinal inédita em Grand Slam

(Photo by Clive Brunskill/Getty Images)
— Continua depois da publicidade —

Na tarde desta terça-feira (6), a quadra principal do complexo em Roland Garros, Philippe-Chatrier, recebeu uma partida digna de final de Grand Slam, entre o Dominic Thiem, da Áustria, e Diego Schwartzman, da Argentina. O confronto durou 5h08 e terminou com a vitória do argentino, por 3 sets a 2 (6/7 – 7/5 – 7/6 – 6/7 – 6/2). 

Os jogadores se estudaram muito no set inicial, e só tiveram chance de quebrar o saque no sexto game. Atual número três do mundo, Thiem venceu o game de serviço do adversário com uma bola polêmica, que foi marcada boa pela juíza de cadeira e depois comprovada fora. O argentino devolveu a quebra e empatou o jogo em 4/4. O terceiro colocado do ranking mundial errou bolas importantes e a partida foi decidida no tie break, com a vitória de Schwartzman por 7/1.

Atual campeão do US Open, Dominic Thiem começou o segundo set mais agressivo e ganhou os dois primeiros games. O #14 do mundo recuperou o set ao confirmar o serviço e quebrar o saque do austríaco. A partida ficou mais disputada quando Thiem cometeu a dupla falta e deu a quebra ao Schwartzman. O vice-campeão em Roma salvou sete break points e precisou de 15 minutos para garantir o nono game. Mas permitiu o empate em sets após cometer uma dupla falta e Thiem confirmar o saque (7/5).

Diego Schwartzman abriu uma importante vantagem de dois games neste terceiro set, e fez o número três do Roland Garros correr muito para diminuir a diferença. Vice-campeão da edição anterior, Thiem encaixou ótimas devoluções e recuperou o set apenas no tie break, que acabou com 8 a 6 para o austríaco. 

Mais uma vez, Dominic Thiem iniciou o set vencendo os dois primeiros games, mas teve a quebra devolvida logo em seguida. O austríaco viu o jogo mudar totalmente de lado e passou a ficar em desvantagem no quarto set. Apesar da boa reação de Thiem, Schwartzman o derrotou no terceiro e disputadíssimo tie break da partida, depois de desperdiçar três set points.

O quinto e último set do duelo foi o menos equilibrado e o mais rápido de todos. Diego Schwartzman aproveitou momento psicologicamente frágil do adversário e conseguiu ficar três games na frente. Schwartzman percebeu exaustão de Thiem e teve ainda mais paciência para concluir o ponto. O argentino fechou a partida com a parcial de 6/2, em mais uma quebra de serviço. 

Agora, Diego Schwartzman descansa e espera o vencedor entre Jannik Sinner e Rafael Nadal, partida que acontece ainda nesta terça-feira (6). Schwartzman eliminou Nadal há duas semanas, no Masters 1000 de Roma, e acabou perdendo a final para o Novak Djokovic.

Siga os perfis do Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top