Santos

Em reunião virtual, conselheiros do Santos reprovam contas de 2019

Contas de 2019 foram reprovadas pelos conselheiros do Santos (Foto: Ivan Storti/Santos)

Por Arthur Faria e Caíque Stiva

O Conselho Deliberativo do Santos reprovou o balancete financeiro de 2019 nesta terça-feira. A votação foi decidida por ampla maioria. Ao todo, 172 conselheiros do Alvinegro estiveram presente por videoconferência.

O principal motivo da reprovação é o uso do cartão corporativo do clube para uso pessoal. Foram gastos R$ 5,7 milhões, porém, totalizando ao não ressarcido, a conta chega em R$ 28,7 milhões. O documento também mostra quase R$ 8 milhões repassados a agentes em algumas transferências no ano passado.

Em determinado momento da reunião virtual, o presidente José Carlos Peres se fez presente para a defesa. De modo geral, ele apresentou os mesmos argumentos escritos em uma nota oficial no site do Peixe, no último sábado.

Antes da votação do Parecer do Conselho Fiscal, o Plenário homologou os nomes da Comissão Eleitoral: o presidente será Fernando Reverendo Vidal Akauoi, além dos conselheiros Antonio Aguiar Teixeira, Cassio Frederick Gonçalves Richter, Osvaldo Gonçalves e Roberto Torres. O objetivo é auxiliar a Mesa do Conselho na parte burocrática e nos preparativos da próxima eleição, prevista para primeira quinzena de dezembro deste ano.

Peres sofreu dois processos de Impeachment em seu primeiro ano de gestão, em 2018. O principal motivo foi por ter mantido uma empresa que agenciava atletas mesmo após sua posse no Santos. Na ocasião, os associados do Alvinegro votaram para o mandatário ficar. Ele terá 15 dias para recorrer.

Para saber tudo sobre o Santos, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo