Campeonato Brasileiro - Série B

Em sua despedida, Fernando Diniz agradece apoio do torcedor e destaca empate contra o Náutico como divisor na reta final da série B

Foto: Rafael Ribeiro - Vasco da Gama

Recém demitido do comando técnico do Vasco da Gama, o treinador Fernando Diniz concedeu entrevista coletiva para se despedir do torcedor vascaíno. Nela o comandante falou a tentativa fracassada de acesso para a primeira divisão, jogo contra o Náutico como um divisor de águas e se os jogadores conseguiram se adaptar ao seu estilo de jogo.

— Eu não sei precisar por que as coisas não aconteceram. Concordo que foi a partir do jogo com o Náutico. A gente teve a nossa maior chance porque foi onde a gente teve uma conjunção muito favorável daquilo que se fazia no campo e no extracampo aqui no clube. E com o torcedor. Quando a gente tem esse momento, tem que saber aproveitar. Foi o momento em que a gente ou ia para o acesso ou poderia acontecer o que aconteceu. Infelizmente a gente não soube aproveitar esse momento que construiu com o trabalho de todo mundo. E aí a gente não concluiu esse processo com o acesso sonhado – disse o treinador em entrevista na Vasco TV.

Sempre questionado sobre sua maneira de jogar, Fernando Diniz destacou que os atletas do Vasco da Gama entenderam rapidamente suas ideias.

— Foram dois meses aqui no Vasco. Tínhamos tudo para conseguir o acesso. Os jogadores entenderam a ideia de jogo de maneira rápida. Quando jogávamos de forma simples, sentíamos mais dificuldade. O problema foi outro – finalizou Diniz

Confira os números de Fernando Diniz pelo Vasco da Gama

– 12 jogos
– 4 vitórias
– 3 empates
– 5 derrotas
– 12 gols marcados
– 18 gols sofridos

+Fábio Cortez deve comandar o Vasco da Gama na reta final da série B

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top