Fluminense

Empresários de Ganso cobram valor milionário do Fluminense na Justiça

ganso - fluminense
Foto: Lucas Merçon/FFC

O Fluminense tem mais um processo na Justiça. A empresa “GD Sport”, que administra a carreira do meia Paulo Henrique Ganso, cobra um valor de R$ 1.404.121,92 ao Tricolor, relativo ao débito pela comissão na negociação da venda do jogador ao Tricolor das Laranjeiras, incluindo juros e outros encargos. A informação foi dada incialmente pelo “NetFlu” e confirmada pelo Esporte News Mundo, que também teve acesso ao processo.

No momento em que as partes chegaram um acordo, o Fluminense se comprometeu pagar todas as comissões na negociação em 59 parcelas de R$ 26.872,89 até 2024, sendo a primeira com vencimento em 20/03/2019 e a última em 20/01/2024. Entretanto, só manteve em dia os sete primeiros pagamentos, o que gerou a ação judicial.

O valor total combinado para pagar a GD Sport era de R$ 1.585.500,51 no total. Caso não pague o valor cobrado pela empresa, o Tricolor corre o risco de ver penhoradas suas cotas de TV, como consta no processo.

Lembrando que o Fluminense obteve liminar na Justiça para suspender todas as execuções da esfera trabalhista e cível. Com isso, também irá entrar no plano de pagamento.

+ Com desfalques, Fluminense recebe o Internacional em mais um confronto direto

Em 2019, Paulo Henrique Ganso rescindiu com Sevilla, da Espanha, e assinou por cinco com o Fluminense. A ideia inicial do clube espanhol era ceder o jogador, que estava emprestado ao Amiens, da França, por empréstimo por apenas seis meses. Porém, o Tricolor demonstrou o desejo de contar com o atleta por mais tempo. Na esperança de tentar vender o jogador, o clube espanhol esperou até o término da janela europeia de transferências internacionais, mas no fim, acertou com o Flu.

Ganso já tem 103 jogos com a camisa do Fluminense, com nove gols marcados. Em 2021, o camisa 10 fez 23 partidas e balançou três vezes a rede. O jogador conseguiu uma sequência boa e encheu os olhos da torcida com bom futebol, porém quebrou o braço, passou por cirurgia e ainda se recupera.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top