Botafogo

Enderson fala sobre conquista da Série B, reestruturação do Botafogo e exalta torcida: ‘Foram o goleiro, o zagueiro, os laterais, os volantes, os meias e os atacantes’

Vítor Silva/Botafogo

O Brasil de Pelotas recebeu, na tarde deste domingo(28), o Botafogo, no Estádio Bento de Freitas, em partida válida pela 37ª rodada da Série B. No jogo, que confrontou o líder e o lanterna da competição, o Glorioso venceu o Xavante pelo placar 1×0 e garantiu o título da Segundona.

Com a vitória, o Botafogo garantiu o título da Série B, já que o vice-líder Coritiba tropeçou na rodada, faltando um jogo para o campeonato terminar. Já o Xavante segue na lanterna da Segundona e já está matematicamente rebaixado à Série C.

Em entrevista coletiva após o jogo, o treinador Enderson Moreira, que se tornou o maior campeão de Série B da história, falou sobre o quanto o título representa pra ele, contratado pelo Botafogo em um momento de baixa do clube, no meio da Série B e da moral que o título dá para todos do Glorioso.

-Quando você chega em um momento como a gente chegou, há insegurança porque as coisas não estavam acontecendo muito bem, então qualquer nome, ali, talvez tivesse um certo receio daquilo que o treinador e a sua comissão pudessem entregar. Mas, eu acho que, aos poucos, a gente foi mostrando um pouquinho do trabalho e eu queria enaltecer os grandes responsáveis por essa conquista são os jogadores, foram fantásticos, abraçaram demais o Enderson e a minha comissão, a gente se sentiu muito em casa e eles sempre tentaram fazer aquilo que eu propunha, o que a gente conversava de estratégia, de forma de jogar. Então, eu queria, acima de tudo, agradecê-los muito pela dedicação, pelo empenho de todos. A gente sempre foi um grupo, nunca fomos onze jogadores que estavam em campo, esses onze só representavam o nosso elenco, os nossos trabalhos sempre foram muito competitivos, muito disputados, quem jogava pouco, treinava com muita intensidade, aumentava sempre o nível do treinamento e eu acho que isso foi fundamental para que a gente pudesse ter hoje essa conquista.- disse.

E um agradecimento muito especial ao nosso torcedor, em determinados momentos, eles foram o goleiro, o zagueiro, os laterais, os volantes, os meias, os atacantes, nos empurraram em momentos difíceis e os jogos poderiam ter nos levado para outro caminho e acho que o torcedor foi fundamental nesse momento decisivo.-completou.

Na coletiva, Enderson também comentou sobre a reestruturação do Botafogo, bicampeão da Série B e garantido na Série A de 2022.

 -Quando um gigante do futebol brasileiro cai de divisão, precisa tirar lições e entender que aquilo que estava fazendo não está dando resultado e que precisa buscar um outro caminho. Acho que o Botafogo está buscando esse novo caminho em todas as áreas: dentro de campo, no futebol, fora das quatro linhas, como clube e instituição que precisa estar sempre bem preparada para poder participar desses grandes desafios. Acho que é importante, mas ele não é o final – disse o treinador alvinegro.

“A gente precisa saber que está apenas dando um passo importante, mas a caminhada é longa e muita coisa precisa ser feita ainda para que o clube possa, de alguma forma, colher os frutos e voltar a disputar as principais competições nacionais e internacionais. É o que a gente sempre projeta para um clube como o Botafogo”, completou.

O treinador também falou sobre o momento no qual teve a confiança no acesso do clube de General Severiano à Série A.

– A gente nunca sabe quando, mas eu tive muita confiança que a gente ia conseguir o acesso – e falei isso no vestiário – ali no jogo contra o Coritiba. Estávamos enfrentando o líder do campeonato, nos seus domínios, e acho que tivemos uma atuação muito boa. Conseguimos controlar o jogo, jogar, impor dificuldades para o Coritiba e dar poucas oportunidades de gol para eles. Fico feliz porque acho que aquele momento foi importante para todos. Eu relatei isso na conversa após o jogo. Fiquei muito feliz pelo resultado e falei que a gente estava caminhando muito bem.-disse

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top