Flamengo

ENM destrincha o contrato entre Flamengo e Banco BRB

POR: CARLOS BANDEIRA DE MELLO E DAVID NASCIMENTO

Falta apenas o Conselho Deliberativo aprovar a promissora parceria entre Flamengo e o Banco BRB. Com isso, o Esporte News Mundo teve acesso ao contrato, avalia as condições e destrincha partes do contrato que é válido até por 3 anos, mas com opção de extensão por até dois anos. O negócio está estipulado em um mínimo de R$ 32 milhões a cada ano. 

O pagamento do patrocínio será dividido anualmente desta forma: R$ 11 milhões até 10 de julho de cada ano, outros R$ 11 milhões até 10 de novembro e a terceira parcela de R$ 10 milhões até 10 de março. Além disso, serão parceiros em uma plataforma digital dedicada, com 50% de divisão nos lucros superiores a R$ 64 milhões.

O contrato firmado representa uma receita de mínima de R$ 96 milhões. O contrato anterior com o Banco BS2 era de R$ 15 milhões, o que corresponde um aumento de 213% com o patrocinador master. A conclusão da votação dos conselheiros vai até a próxima segunda-feira. Por causa da pandemia do coronavírus, a votação será por feita de maneira remota.

Camisa

A logomarca do BRB será estampada nas três camisas da equipe profissional de futebol, com tamanho de 25 cm x 7,4 cm. Na camisa rubro-negra a marca será branca, na camisa branca será preta e na terceira camisa será amarela. Estará presente também em camisas de treino, camisas e agasalhos de viagem e camisas da comissão técnica. 

Plataformas Digitais e Ingressos

A marca no rodapé e banner no site oficial, além de mensalmente ter cinco postagens nos perfis do Facebook e Instagram, quatro no Twitter e dois e-mails destinados à base de torcedores e sócios-torcedores.

Além disso, o clube terá de dar outras contrapartidas ao patrocinador: 50 ingressos de setor Leste do Maracanã, 600 camisas oficiais por ano, cinco vagas no “matchday” organizado pelo clube, 60 convites a cada ano de contrato para visitação do Ninho do Urubu, quatro ingressos para mascotes por jogo, 20 ingressos para camarote por jogo durante a vigência do contrato.

Publicidade no Ninho

O Banco de Brasília também vai aparecer no backdrop fixo do Ninho do Urubu, assim como em quatro placas nos campos de treinamento do CT e uma nos jogos do clube, no ônibus da delegação. 

Em caso de rescisão…

O Conselho Fiscal do clube, em parecer, aconselha a ser retirada uma cláusula de rescisão que permite ao BRB encerrar a parceria sem ônus a partir de 1º janeiro de 2022, quando o clube poderá ter novo presidente ou diante de modificação significativa na gestão do banco. 

Também na mesma data poderá ocorrer uma rescisão imotivada caso uma das partes notifique a outra com 60 dias de antecedência. A multa estipulada é de R$ 2 milhões. O contrato poderá ser rescindido também por qualquer uma das partes em caso de inadimplência caso a parte devedora não sane a falta em até 15 dias após notificação. 

Em caso de uma rescisão motivada, a parte que der causa à rescisão deverá pagar a outra no valor de 50% do restante ainda do contrato.

Um comentário

Um comentário

  1. Pingback: Flamengo fará apresentação do novo patrocinador master na Gávea - Esporte News Mundo

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo