Cruzeiro

Em entrevista, Rodrigo Pastana diz que acredita em trabalho de Mozart, crê no acesso à Série A e explica empréstimos do Cruzeiro

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Entrevistado do dia, nesta quinta-feira (22), Rodrigo Pastana, diretor de futebol do Cruzeiro, concedeu entrevista diretamente de Goiânia, onde a equipe celeste está concentrada para o confronto diante do Vila Nova-GO, pela décima quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Perguntado sobre especulações quanto a um novo comando técnico para o Cruzeiro, Pastana respondeu que confia no trabalho do técnico Mozart Santos e que, por isso, até o momento, não existe nenhum contato com nenhum outro treinador. Confira o que foi dito:

— Não houve nenhuma procura a treinador algum. Nem ao Luxemburgo, nem a nenhum outro profissional. Nós pensamos diariamente no trabalho com o Mozart, o grupo está unido com ele, o grupo gosta do trabalho dele. (…) O trabalho diário é muito bom, ele tem muito conhecimento, tem experiência… A gente acredita sim que essa comissão vai nos trazer ao caminho de vitórias.

Veja também: Torcedores do Cruzeiro se mobilizam para que Pedrinho BH assuma a gestão de futebol do clube

Mesmo há sete jogos sem vencer e com 11 pontos na tabela de classificação, por diversas vezes durante a entrevista, Rodrigo Pastana reiterou que acredita no acesso do Cruzeiro à elite do futebol brasileiro. Em uma dessas passagens, inclusive, o diretor citou outras campanhas na Série B, que “bateram na trave” quanto ao acesso.

— Bom, primeiro nós não trabalhamos com essa hipótese de não subir. Nós temos uma avaliação semanal da competição. Já tiveram campanhas surpreendentes como a do América em 2018, como a do próprio CSA ano passado, que não chegaram a pontuação de classificação por dois ou três pontos. Então, a gente acredita sim ainda no acesso. É óbvio que essa vitória precisa vir rapidamente e, a gente espera que com a primeira vitória, a gente engrene algumas vitórias e consiga chegar em um patamar da classificação bem maior. É o caso hoje do Guarani, que estava lá embaixo e já está bem próximo do G4 e é o caso também do Remo, que com essas três últimas vitórias subiu na tabela de classificação e já ocupa, se não me engano, a 10ª colocação.

Recentemente, o Cruzeiro amargou a saída de alguns jogadores como o meio-campista Matheus Barbosa, o atacante Airton e o goleiro Lucas França, os três por empréstimo. Na entrevista, Pastana explicou o real motivo das negociações, critico uma cláusula contratual e disse que pretende repatriar atleta. Veja:

— Primeiro o Airton: o Airton já havia recebido duas sondagens de clubes da Série A e já tinha exposto sua vontade de sair do clube por n motivos e, principalmente, pessoais. A proposta do Ceará é uma boa proposta, e nós aceitamos e devemos fechar nos próximos dias. Quanto ao Matheus Barbosa, era uma situação contratual. Me pegou de surpresa, porque eu jamais imaginaria que um clube como o Cruzeiro deixasse uma cláusula insegura como essa, de liberação para clubes de Série A. (…) Nós podemos trazer o Lucas França de volta do Guarani, pra que a gente não tenha um resultado esportivo prejudicado, isso deve acontecer nos próximos dias.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top