Copa América

Equador abre vantagem, mas leva empate do Peru e se complica na Copa América

Equador empate
Divulgação / Twitter Copa América

O Equador se complicou na Copa América. Apesar de ter aberto vantagem na primeira etapa, empatou por 2 a 2 contra o Peru nessa quarta-feira (23). Tápia (contra) e Preciado marcaram para os equatorianos, enquanto Lapadula e Carrillo igualaram o marcador. O resultado deixa a equipe na Gustavo Alfaro na 4ª colocação do Grupo B, à frente da Venezuela, mas com o mesmo número de pontos.

Para conseguir a classificação, o Equador precisará vencer o Brasil na última rodada e ainda torcer por ao menos um empate da Venezuela frente ao Peru. Se empatar com a seleção de Tite e a Venezuela vencer, o time equatoriano será eliminado.

A partida teve dois momentos distintos. Mais perigoso, o Equador criou as principais chances ainda na primeira etapa, fazendo o goleiro Pedro Gallese trabalhar bastante. O cenário se inverteu no segundo tempo, com o time de Ricardo Gareca mais perigoso.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

O primeiro gol do Equador saiu aos 25 minutos. Em boa jogada pela esquerda, Pervis Estupiñán cruzou à meia altura para o tumulto dentro da área. Alan Franco dividiu na pequena área com o volante Renato Tápia e o atleta peruano jogou contra o patrimônio.

O Equador ampliou ainda no primeiro tempo, nos acréscimos. Damián Dias cobrou falta na direita, André Carrillo furou a tentativa de rebater a cobrança e Ayrton Preciado apareceu livre na pequena área, só para empurrar – do jeito que deu – para as redes.

PERU VOLTA AGRESSIVO E EMPATA

Precisando do resultado, o Peru voltou para o segundo tempo mais agressivo e arriscando mais jogadas no ataque. Já no primeiro minuto, Tápia arriscou de fora da área e assustou o goleiro Galíndez. Na sequência, Lapadula recebeu passe açucarado de Cueva e, já dentro da área, bateu forte e cruzado, diminuindo o prejuízo. 2 a 1.

Pouco depois, o empate veio em um linda jogada. Sergio Peña chapelou na entrada da própria área e lançou Lapadula em profundidade. O atacante desceu em velocidade, driblou a marcação e serviu Carrillo, de frente para o gol, igualar o placar da partida.

Perdido, o Equador demorou para equilibrar o jogo novamente. A chegada mais perigosa só foi acontecer aos 26 minutos, em um cabeceio de curta distância, que exigiu muita precisão do zagueiro Callens para desviar.

O Equador pressionou nos últimos minutos. No desespero, a equipe alçava bolas na área, sem sucesso. A partida teve nove minutos de acréscimo, deixando o clima de tensão mais forte. Aos 99′, um bate rebate dentro da área do Peru fez o árbitro consultar o VAR, buscando um pênalti para o Equador – nada foi marcado.

O empate com o Equador foi um resultado melhor para o Peru, que consolidou a terceira colocação no grupo, empatado com a Colômbia.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top