Cruzeiro

Especulado no Cruzeiro, Vanderlei Luxemburgo tem longo histórico no clube; relembre passagens

Especulado no Cruzeiro, Vanderlei Luxemburgo tem longo histórico no clube; relembre passagens
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Na última sexta-feira, o Cruzeiro anunciou em coletiva a saída de Mozart do comando técnico do celeste. Com a demissão, rumores de uma possível contratação de Vanderlei Luxemburgo ganham força na Toca da Raposa. O treinador tem sido especulado no clube há algumas semanas e deve ser o principal alvo do time para o cargo.

Considerado um dos grandes técnicos do futebol brasileiro, Vanderlei tem um passado vitorioso em Minas Gerais. Relembre suas passagens pela Raposa:

Primeira passagem (2002 – 2004)

Vanderlei Luxemburgo chegou ao Cruzeiro durante o Brasileirão de 2002. Ele assumiu o time no início do campeonato, pouco após a demissão de Marco Aurélio do cargo. Em uma campanha de altos e baixos, o treinador quase levou o clube ao mata-mata da competição, terminando o ano uma posição atrás da zona de classificação.

Em 2003, Luxemburgo conseguiu levar o time à melhor temporada de sua história. Com 77% de aproveitamento, o Cruzeiro foi campeão invicto do Campeonato Mineiro e da Copa do Brasil, e venceu o Brasileirão batendo diversos recordes. Aquele time marcou época, sendo condecorado com a “Tríplice Coroa”.

O ano seguinte não começou bem para o Cruzeiro. Após um início de 2004 não tão empolgante para o time, Vanderlei teve sérias divergências com irmãos Alvimar e Zezé Perrella, que comandavam a Raposa na época. Como consequência do atrito, o treinador acabou sendo demitido do clube ainda durante a disputa do Campeonato Mineiro.

Confira os números da primeira passagem:
– Período: agosto de 2002 a fevereiro de 2004
– 107 jogos
– 68 vitórias, 22 empates e 17 derrotas
– 70,4% de aproveitamento
– Campeão do Campeonato Mineiro, da Copa do Brasil e do Brasileirão de 2003

Leia também: Página do Cruzeiro traz os ídolos oficiais do clube; confira

Segunda passagem (2015)

Em 2015, após uma dura eliminação para o River Plate, na Libertadores, o Cruzeiro demitiu o técnico Marcelo Oliveira, bicampeão brasileiro nos dois anos anteriores. Com a sua saída, o clube foi atrás do veterano Vanderlei Luxemburgo para o cargo. O treinador acertava seu retorno à Toca após onze anos do fim de sua primeira passagem.

Apesar de bons resultados em suas primeiras partidas, e até uma empolgante vitória por 3 a 1, contra o Atlético, no clássico, em seus dez jogos finais o treinador venceu apenas uma vez e não resistiu à pressão, sendo demitido menos de três meses após ser contratado. Vanderlei deixou a Cruzeiro com menos de 40% de aproveitamento.

Confira os números da segunda passagem:
– Período: junho a agosto de 2015
– 19 jogos
– Seis vitórias, três empates e dez derrotas
– 36,8% de aproveitamento

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top