São Paulo

Esquerdinha esclarece áudio polêmico e revela participação de Petros

Renato Andrade / 4 de Julho

O meia Esquerdinha, um dos personagens do duelo entre 4 de Julho e São Paulo pela Copa do Brasil, ficou marcado por um áudio vazado, em que falava sobre apostar a casa na vitória do 4 de Julho sobre o time paulista. Neste domingo, em entrevista ao canal da Twitch e do youtube Fuh TV, ele esclareceu a situação e confessou que não teve aposta.

“Graças a Deus não teve aposta. Você acha que eu vou apostar contra o São Paulo? Não tem como. Eu ralei muito pra comprar a minha casa, você acha que eu vou perder ela assim, do dia pra noite?”, disse Esquerdinha, que contra o São Paulo fez seu último jogo pelo 4 de Julho. “Ali não passou de uma brincadeira, de uma resenha, no grupo dos meus amigos que são são-paulinos, um grupo da pelada da gente e aí tavam falando que ia ser 15 a 0 pro São Paulo no primeiro jogo. Quando terminou o jogo, muita mensagem, aquela euforia toda, a gente conseguiu uma grande vitória contra a forte equipe do São Paulo. E daí eu mandei aquele áudio na resenha porque tinha três ou quatro torcedores do São Paulo falando que ia ser 15 a 0. Tiveram mais áudios, mas o que saiu foi aquele que criou aquela polêmica toda”.

+ Miranda tem estiramento diagnosticado e desfalca o São Paulo
+ Walce refaz cirurgia e fica fora por mais seis meses
+ “Iria até de graça”, Dudu Beberibe sobre jogar no São Paulo

Esquerdinha revelou que não foi só o grupo da pelada dele que participou dessa brincadeira toda, o meia Petros, ex-São Paulo e até hoje extremamente identificado com a torcida tricolor, também enviou mensagens por whatsapp para o meia e brincou com a goleada e o áudio vazado.

“Joguei com Petros no Boa Esporte, Petros que é ídolo no São Paulo, pai de família, meu irmãozão, tava até zoando aqui querendo apostar a casa também”, confessou Esquerdinha. “O Petros entrou depois na resenha, quando o áudio saiu aí em São Paulo e ele entrou depois na resenha: ‘e aí Esquerdinha, vai apostar mesmo?’, na resenha assim”.

O meia confessou que o Petros falou com ele antes do jogo e avisou que a fama tinha chegado: “Ele ligou pra mim e a gente se falou lá no hotel antes do jogo e ele falou ‘Esquerdinha, você tá conhecido em todo o Brasil porque o São Paulo é gigante’, foi uma resenha boa”.

Esquerdinha fez contra o São Paulo o seu último jogo pelo 4 de Julho, o atleta chegou como reforço para o estadual e tinha contrato somente até 31 de maio, mas com o avanço na Copa do Brasil, ele refez o acordo para participar dos dois jogos contra o São Paulo e só ficaria no clube em caso de classificação contra o tricolor paulista.

Veja um trecho da entrevista

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top