Cruzeiro

Fábio Brostel, ex-técnico do Cruzeiro, aciona o clube na Justiça

Fábio Brostel, ex-técnico do Cruzeiro, aciona o clube na Justiça
Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Ex-funcionário da base do Cruzeiro, Fábio Brostel acaba de acionar o clube na Justiça. Ex-técnico dos times sub-15 e sub-17 da Raposa, o treinador pede R$ 57.039,015 em ação promovida na 16ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte.

O processo é ocorre devido à uma dívida trabalhista. Fábio, que foi demitido no dia 1º fevereiro, cobra do time celeste salários atrasados, FGTS não depositado, honorários de sucumbência, multas e juros. Quando deixou a Toca da Raposa, no início do ano, o profissional havia feito um acordo com a diretoria, que não cumpriu com o contrato. Brostel esteve no clube entre 2015 e 2021.

Leia também: Após descumprimento de acordo, Justiça penhora imóveis do Cruzeiro.

O raio-x da dívida

Em contato ao GE, Brostel disse que no momento de sua rescisão ele assinou uma repactuação de débitos com o clube para receber R$ 26.344,39 em cinco parcelas de R$ 5.268,87. Quem assinou o documento foi Lidson Potsch, 1º vice-presidente executivo da Raposa.

Além disso, ele cobra o pagamento de multa de 2% sobre o montante devido atraso no pagamento dos valores mensais que estavam acordados. O certificado da repactuação previa tais juros. O Cruzeiro também deveria pagar R$ 20.195,39, entre FGTS e Guia de Recolhimento Rescisório de FGTS. O clube depositou R$ 12.550,39, valor referente apenas ao GRRF.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top