Cruzeiro

Fake News: imagem que sugere falência do Cruzeiro é de dezembro

Fake News: imagem que sugere falência do Cruzeiro é de dezembro

Como se não bastasse a crise em que o Cruzeiro vive, a circulação de ‘fake news’ também assola o clube. Nesta segunda-feira (21), circulou na internet uma imagem com informações da Fox Sports de que o Conselho da Raposa tinha intenção de declarar a falência do time. Entretanto, conforme o Esporte News Mundo apurou com a assessoria do clube mineiro, se trata de uma notícia lançada em dezembro.

As imagens circularam principalmente pelo Twitter, onde tiveram vários comentários do internautas. Veja a repercussão:

Como é possível ver, o Thiago Reis, da Rádio Itatiaia, está na imagem que circula na internet. O próprio repórter foi até as suas redes sociais esclarecer sobre o assunto e comentou: “Mas é incrível a capacidade das pessoas pra disseminar e também pra cair em FaKe News. É assustador!!!”

Assim como a observação de Thiago Reis apontando que a apresentadora do programa, que mostra na foto, já até saiu da Fox Sports, é possível reconhecer outros elementos que indicam a Fake News. O fato do próprio repórter da Itatiaia estar na Arena Independência em plena segunda-feira, sendo que o Cruzeiro não manda seus jogos nesse estádio. Outra evidência é “Europa League” no canto inferior esquerdo da tela, pois a competição ainda está na segunda etapa eliminatória e ainda sem transmissão no Brasil.

Na época, parte do Conselho do Cruzeiro cogitou a possibilidade de decretar a falência e refundar o clube, algo que nunca foi comentado publicamente por representantes cruzeirenses. Por isso, até a chamada da pauta estampada na tela, mesmo para a época, é semelhante a um “clickbait”, que é uma estratégia de divulgação online que usa títulos sensacionalistas para gerar mais cliques no conteúdo. O termo em inglês significa “isca de cliques”, também traduzido como “caça-cliques”. 

Veja também: Torcida do Cruzeiro prepara protesto para esta terça-feira na sede do clube; entenda

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top