Grêmio

Felipão deixa o Grêmio após derrota para o Santos

Lucas Uebel/Grêmio

O técnico Luiz Felipe Scolari não é mais técnico do Grêmio. O treinador não resistiu a mais uma derrota no Campeonato Brasileiro, desta vez para o Santos e chegou a um acordo com a diretoria do Tricolor para a finalização do vínculo atual. Felipão deixa a equipe de Porto Alegre na vice-lanterna da competição.

Segundo técnico com mais jogos comandando o Grêmio, 385 jogos, Felipão já vinha pressionado por conta da sequência de resultados ruins, que deixaram o Tricolor na penúltima colocação do Campeonato Brasileiro. Durante a semana, inclusive, já havia sido ventilada a possibilidade de demissão, como o próprio Esporte News Mundo havia adiantado.

Para saber tudo sobre o Grêmio, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Além do técnico Felipão, o Grêmio comunicou, também, o desligamento de outros profissionais da comissão técnica. Os auxiliares Carlos Pracidelli e Paulo Turra e o preparador físico Anselmo Sbragia não fazem mais parte do Tricolor para a sequência da temporada e consequente disputa contra o rebaixamento.

Em nota oficial, divulgada na madrugada desta segunda-feira (11), o Grêmio afirmou que a saída de Felipão foi definida em comum acordo. Além disso, o Tricolor agradeceu aos serviços prestados pelo profissional pelo comprometimento que teve. O time gaúcho, inclusive, acrescentou uma fala de despedida do treinador. “Continuarei sendo gremista, como sempre fui e sempre serei”, se despediu Felipão, de acordo com o Grêmio.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top