Mais Esportes

‘Feliz e orgulhoso pelo trabalho realizado’, diz William após vice-campeonato no Minas

William Minas
Foto: William Lucas/Inovafoto/CBV

A final da Superliga Masculina de Vôlei foi marcada pela vitória do EMS/Taubaté/Funvic por 3 sets a 0, nesta sexta-feira (16), na “bolha” de Saquarema. O primeiro e segundo sets foram bem balanceados, com parciais de 25×20 e 25×22, respectivamente. No último set, o FIAT/Minas Tênis Clube acabou liquidado por 25×17. Apesar da derrota, o capitão e levantador da equipe mineira, William, está feliz com o resultado e reconhece todo o esforço conjunto.

+Douglas Souza brilha, Taubaté derrota Minas e ergue segunda taça da Superliga

— Ninguém gosta de perder, eu muito menos, mas o Taubaté jogou um bolão hoje, pressionou a gente bastante. Essa emoção é muito orgulho do que foi construído hoje aqui. Muita gente vê essa hora e meia que a gente está aqui, mas o que a gente trabalha, a dedicação desse grupo, a evolução dos jovens, é motivo de muita emoção e de muito orgulho. Pra mim foi um ano muito complicado, a parada da pandemia, o difícil que é voltar depois de tanto tempo, aquelas lesões antigas que machucam pela falta de trabalho e treinamento. Foi muito bom mesmo, no começo da competição eu achei que eu não ia conseguir, então estar em pé aqui hoje dando o meu melhor, bem fisicamente, feliz, é emocionante – falou o capitão.

William é um dos jogadores mais experientes no Minas. Com 41 anos, o jogador já participou de mais de um Jogos Olímpicos e é uma expectativa para a convocação esse ano. Na última temporada (18/19), o FIAT/Minas emplacou o terceiro lugar no campeonato. Em 2021, o capitão levou o troféu de melhor levantador de temporada de 2020/2021 e finalizou a Superliga sendo vice-campeão.

— Eu agradeci demais a comissão técnica, médica, física, por que eles fizeram um trabalho excelente e é bonito de ver isso. Muita gente acha que é fácil estar aqui e, assim, é muito complicado. Ter que deixar minha família longe, num momento de pandemia, vir aqui trabalhar focado, tenho que agradecer a minha mulher demais por estar cuidando dos meus filhos para eu poder vir trabalhar tranquilo. Então assim, a emoção envolve muita coisa, a emoção é grande por vestir essa camisa, a camisa mais tradicional do voleibol brasileiro, triste por não conseguir esse título, mas feliz e orgulhoso pelo trabalho realizado, sem dúvidas – finalizou William.

Depois de uma temporada difícil, com jogadores infectados e algumas lesões, o FIAT/Minas Tênis Clube mostrou determinação e garra para finalizar a temporada de 2020/2021 da Superliga Masculina.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top