Futebol Internacional

Fernando Santos é o preferido da Federação Grega, diz imprensa portuguesa

FOTO: Carlos Rodrigues/Getty Images

Depois de não conseguir classificar a Seleção Portuguesa diretamente para a Copa do Mundo do Catar, o técnico Fernando Santos passou a ter o seu trabalho contestado. Mesmo que tenha sido o treinador que comandou a seleção nos títulos da Eurocopa, em 2016, e Nations League, em 2018, muitos acreditam que sua saída seja necessária. Apesar disso, a Federação Portuguesa já divulgou que vai manter o técnico para a repescagem europeia. Nesta quarta-feira (01), a imprensa portuguesa noticiou um interesse da Grécia em Fernando Santos.

Atualmente, os gregos são comandados por John van’t Schip, que vai deixar o cargo no próximo dia 31 de dezembro, quando o seu contrato termina. Assim, existe a possibilidade de que os dirigentes gregos voltem a contactar Fernando Santos para que o treinador assuma o cargo visando o próximo ciclo até a Copa do Mundo de 2026. Panayiotis Dimitriou, presidente da Federação Grega, confirmou o interesse.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

— Eu gosto de disciplina. Minha busca é por um treinador disciplinado para comandar a nossa seleção. Eu gosto do estilo dos alemães, italianos ou portugueses. Posso garantir que o nosso novo técnico será um estrangeiro. Fernando Santos é o meu maior desejo, mas acredito que teremos que esperar até março — afirmou Dimitriou.

Como a Seleção Portuguesa ainda pode garantir vaga na Copa do Mundo do Catar pela disputa da repescagem europeia, os gregos admitem a possibilidade de esperar até março. No período, já serão conhecidos todos os classificados ao Mundial e, caso Portugal fique fora, Fernando Santos dificilmente permanecerá no cargo, o que abre caminho para a Grécia. 

O treinador já tem um bom trabalho realizado no comando da Seleção Grega e deixou o cargo justamente para ser o técnico da seleção de seu país, ainda em 2014. Naquela temporada, o português dirigiu a Grécia durante a Copa do Mundo, que foi realizada no Brasil. Ao todo foram quatro partidas, com uma vitória, dois empates e uma derrota. Os gregos foram eliminados nas oitavas de final, ao perderem nos pênaltis para a Costa Rica.

Nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo do Catar, a Grécia ficou na terceira colocação do grupo B, com 10 pontos conquistados. O rendimento não foi o suficiente para buscar pelo menos uma vaga na repescagem. A Suécia, que fez cinco pontos a mais, é a seleção do grupo B que ainda vai lutar pela classificação nos playoffs. A Espanha, que fez 19 pontos, garantiu sua vaga direta para o Catar.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top