Mais Esportes

Fiat/Minas derrota Itapetininga em sets diretos no confronto de ida das semis da Superliga

Superliga Fiat/Minas Itapetininga semifinais
Foto: William Lucas/Inovafoto/CBV

As semifinais da Superliga Banco do Brasil masculina 20/21 tiveram início na tarde desta quarta-feira (7), no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema, no Rio de Janeiro. O Fiat/Minas Tênis Clube e o Vôlei Um Itapetininga se enfrentaram na abertura da rodada, e os minastenistas levaram a melhor. Com as parciais de 25×21, 25×21 e 25×21, o clube mineiro fechou a primeira partida em 3×0 e saiu na frente na série melhor de três.

+ Horácio Dileo e González avaliam confronto com o Taubaté nas semis da Superliga: ‘Será definido nos detalhes’

Sábado (10/4)

19h – Itapetininga x Fiat/Minas

Jogo 2

Segunda-feira (12/4)

19h – Fiat/Minas x Itapetininga

Jogo 3 (se necessário)

Escalação Fiat/Minas: William, Matheus Pinta, Lazo, Escobar, Gustavão e Honorato. Líbero: Maique. Reservas: Varela, Jonatas, Paulo, Lucas, Gustavo Orlando, Juninho e Bento. Técnico: Nery Tambeiro.

Escalação Itapetininga: Carísio, Johan, Adriano, Renan, Thales e Guiga. Líbero: Rogerinho. Reservas: Gustavo, Victor, Guilherme, Mateus Winck, Felipinho, Raphael e Alejandro. Técnico: Peu.

O JOGO

O primeiro set se manteve equilibrado até o ponteiro Honorato e o oposto Escobar chegarem na posição de saque. A linha de passe do Itapetininga teve muita dificuldade de colocar a bola na mão do levantador Carísio e, consequentemente, permitiu os contra-ataques dos vice-campeões do Mineiro. Do outro lado, Maique garantiu uma recepção impecável, a qual possibilitou uma vantagem de seis pontos. Peu, técnico do Itapê, parou o jogo e reorganizou o time, que encostou no placar. Apesar da reação adversária, o Minas confirmou o set em 25×21.

Depois de sair em desvantagem no primeiro confronto das semis, o elenco paulista voltou à quadra mais concentrado e conseguiu desajustar o sistema defensivo do Fiat/Minas. Mesmo na frente da parcial por três bolas de diferença, o algoz do Sada/Cruzeiro nas quartas de final não efetivou os ataques e, desta forma, viu os rivais assumirem o placar do segundo set. Na reta final, os donos da quarta melhor campanha da Superliga reverteram o jogo e ampliaram para 2 sets a 0.

Os erros de saque de ambos os lados marcaram o início do terceiro set, que ficou travado por alguns pontos. Em menos de 15 minutos, Peu queimou os dois pedidos de desafio e passou o resto da parcial sem chances de pedir a arbitragem de vídeo. Sem quebrar a linha de passe do Minas, os atletas do Itapetininga se complicaram e buscaram até o fim a virada. Entretanto, Maique brilhou na defesa e William acionou muito bem seus atacantes, que não desperdiçaram nenhuma bola. Com a parcial de 25×21, o time comandado pelo técnico Nery Tambeiro saiu em vantagem nas semis.

PRÓXIMO CONFRONTO

As equipes voltam a se enfrentar no sábado, 10, às 19h. Se o Minas confirmar a segunda vitória, os minastenistas confirmam a classificação para a grande decisão da Superliga masculina. Caso o Itapetininga empate o duelo, a terceira partida acontecerá na próxima segunda-feira, 12, no mesmo horário.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top