Mais Esportes

Fiat/Minas vence Vôlei Renata e conquista título inédito da Copa Brasil de Vôlei Masculino

Minas Campinas
(Foto: Vôlei Minas Tênis Clube)

Sem dar muitas chances para o adversário, o Fiat/Minas venceu o Vôlei Renata por 3 sets a 0 (25-18, 25-15 e 25-21), e conquistou o título inédito no ginásio Galeão, em Blumenau (SC), na noite desta sexta-feira (28). Leandro Vissoto, Willian, Leozinho e Matheus Pinta foram os destaques da partida.

O JOGO

O time do Minas começou imprimindo o seu padrão de jogo logo de início para pressionar a equipe de Campinas. Com saques bem encaixados e um contra-ataque de primeira, o clube de Belo Horizonte já iniciou com um 3-0. O Campinas não conseguia estabilizar a sua linha de recepção e sofreu bastante nas viradas de bolas. Adriano, destaque do time e maior pontuador, estava pontuando isoladamente. O Minas não deu chances de respiro com Willian fazendo uma brilhante distribuição para que todos os seus atacantes pontuassem. Leandro Vissoto, Matheus Pinta e Leozinho foram os destaques da primeira parcial fechando com vitória para o Minas por 25-18. 

Nada muito diferente do set anterior, o Minas manteve seu estilo de jogo abrindo mais uma vez um 3-0, obrigando Marcos Pacheco, técnico do Campinas, a pedir o seu primeiro tempo técnico. Bruno Canutto entrou no lugar de Bruno Temponi para melhorar a recepção do time mineiro, mas a ofensividade do Minas manteve-se estável. Adriano como protagonista do jogo e de Campinas, não foi o suficiente para que o coletivo do Minas sofresse qualquer baixa. Nery Tambeiro ainda pediu um tempo quando notou uma possível crescente de Campinas diminuindo o placar em três pontos, mas o time com a melhor recepção e contra-ataques efetivos da Superliga não iria sofrer por muito tempo. Willian liderando o seu time e jogando o fino, fechou a parcial para o Minas em 25-15. 

O Minas com suas principais características manteve a regularidade de sempre. Bruno Temponi, de Campinas, entrou como oposto improvisado, e Judson saiu para a entrada de Guilherme no meio de rede. Estas foram as apostas do técnico Marcos Pacheco para mudar a tática do jogo. O time de Nery Tambeiro não passou por mudanças no início, mas com dois erros e uma baixa efetividade do oposto Vissoto, Sanchez entrou para suprir esta ausência na saída de rede.

Campinas buscou uma reação no final da parcial com uma boa sequência de saques de Adriano, mas não foi o suficiente para frear o Minas. Matheus pinta cravou uma bola, em seguida fez um ace e levou o time para o match point. Canutto errou o saque no último lance, e o Minas fechou o último set em 25-21 conquistando o título inédito da Copa Brasil de Vôlei Masculino 2022. 

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top