Futebol

Fim de semana da Bundesliga é marcado por manifestações pela morte de George Floyd

(Montagem: Jonatas Pacheco)
Sancho e Thuram realizaram protestos em comemorações (Montagem: Jonatas Pacheco)

As manifestações por conta da morte de George Floyd, vítima de violência policial na última segunda-feira (25 de maio), em Minneapolis, nos Estados Unidos, se estenderam ao futebol alemão.

Neste fim de semana, três partidas da Bundesliga foram marcadas por jogadores que demonstraram apoio às manifestações ao redor do mundo, que também protestavam em relação à violência policial contra os negros.

No sábado, na derrota do Schalke 04 por 1 a 0 contra o Werder Bremen, Weston McKennie, volante dos Azuis Reais, disputou a partida com uma braçadeira que continha a mensagem “Justiça por George Floyd”. Após o jogo, o norte-americano publicou uma mensagem em suas redes sociais.

“Ser capaz de usar minha plataforma para chamar atenção a um problema que acontece há muito tempo, é muito bom. Temos que nos manter firmes pelo o que acreditamos. Eu acredito que é hora de sermos ouvidos”, disse McKennie.

Na continuidade da 29ª rodada do Campeonato Alemão, neste domingo, outras duas partidas também tiveram manifestações. Na vitória do Borussia Mönchengladbach por 4 a 1 contra o Union Berlin, Marcus Thuram comemorou um de seus dois gols se ajoelhando, uma forma comum de protesto contra o racismo.

(Créditos: Divulgação/Borussia Mönchengladbach)

O último jogo do fim de semana na Alemanha aconteceu entre Borussia Dortmund e Paderborn. O grande destaque da partida foi Jadon Sancho. Autor de três gols na goleada dos aurinegros por 6 a 1, o atacante inglês comemorou um dos tentos tirando a camisa de jogo e mostrando outra por baixo, que também tinha a mensagem “Justice for George Floyd”.

(Créditos: Divulgação/Borussia Dortmund)

Por meio de rede social, a própria equipe do Borussia Dortmund compartilhou a imagem e se demonstrou a favor das manifestações pedindo justiça por George Floyd e contra a violência aos negros.

Além de Jadon Sancho, o marroquinho Achraf Hakimi, ala do Borussia Dortmund, também repetiu o gesto em gol marcado na vitória da equipe.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top