Campeonato Carioca

Fla-Flu: Primeiro jogo da final do Carioca termina em confusão entre jogadores, dirigentes e convidados

Foto: Reprodução

O primeiro jogo da final do Campeonato Carioca 2021 terminou em confusão. Dentro de campo, Fluminense e Flamengo empataram por 1 a 1, em uma partida onde cada equipe dominou um tempo. No entanto, o duelo ficou marcado por muitas entradas ríspidas e muitas reclamações entre jogadores, dirigentes e convidados – que ocuparam parte de um setor do Maracanã. Após o apito final, as discussões seguiram no trajeto aos vestiários.

+ Flamengo sai na frente, mas Fluminense busca empate no primeiro jogo da final do Carioca

O clássico terminou com 41 faltas, sendo 23 do Flamengo, além de nove cartões amarelos (cinco do Fluminense). Antes da bola rolar, os 148 convidados que estiveram presentes no Maracanã provocaram os jogadores. Após abrir o placar, Gabigol comemorou em direção aos tricolores, aumentando os ânimos dentro e fora de campo. Na etapa final, o Flu empatou com Abel Hernández e devolveu as provocações aos rubro-negros.

Após o apito final, um convidado do Flamengo discutiu com Fred, do Fluminense, na saída de campo. No caminho para os vestiários, outros jogadores e dirigentes aumentaram o tumulto. Mário Bittencourt, presidente do Flu, e Marcos Braz, vice de futebol do Fla, também trocaram xingamentos. Além disso, convidados do Flamengo tentaram invadir a área de acesso aos vestiários, mas a polícia agiu no local.

Fred chama membro da delegação do Flamengo para briga — Foto: Reprodução
Na saída de campo, Fred discutiu com um convidado do Flamengo (Foto: Reprodução)

Ferj contraria Prefeitura do Rio e libera convidados na final

A Federação de Futebol do Rio de Janeiro (FFERJ) contrariou a decisão da Prefeitura do Rio de Janeiro, que vetou a entrada de público na final do Campeonato Carioca, no Maracanã. A entidade buscou outra maneira de realizar a final do estadual com público e liberou 150 convidados para cada clube. Porém, o Fluminense não levou convidados e alegou que recebeu a informação somente neste sábado, enquanto o Flamengo já estava ciente desde a última sexta-feira.

Foram registrados cerca de 148 convidados na primeira partida da final do Carioca, sendo 114 torcedores do Flamengo e os demais divididos entre patrocinadores, funcionários da TV Record e também da Secretaria de Esportes do Governo do Rio de Janeiro. Os convidados não realizaram testes de Covid-19 e foram orientados para utilizarem máscaras e respeitarem o distanciamento social. Mas isso não foi respeitado.

Com apoio do Flamengo, a Ferj ainda tenta a liberação de 30% do público para o segundo jogo da final. O protocolo levado à Prefeitura prevê até 18 mil pessoas no estádio. O Fluminense, por sua vez, é contra e ressalta a necessidade de seguir o protocolo de prevenção da Covid-19. A federação também tentou levar a ideia para a decisão da Taça Rio, mas Botafogo e Vasco também foram contra a ideia.

+ Atuações ENM: Egídio comete pênalti bobo e substituições mais uma vez resolvem; veja as notas
+ Atuações ENM: Flamengo domina primeiro tempo, mas vê Fluminense crescer e empatar; veja as notas

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top