Campeonato Carioca

Flamengo enfrenta o Volta Redonda pela terceira vez em semifinais do Carioca no século e conta com bom retrospecto

Flamengo
Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Neste sábado (1), Flamengo e Volta Redonda duelam pelo jogo de ida das semifinais do Campeonato Carioca. Após conquistar o título da Taça Guanabara, o rubro-negro terá a vantagem do empate no confronto contra o Voltaço, que caiu para a quarta colocação na última rodada da fase anterior e terá que buscar a vitória para avançar até a final.

Será o terceiro encontro de ambos por uma semifinal de Campeonato Carioca neste século. Um retrospecto notável, considerando que a grande maioria das semifinais do torneio é disputada pelos quatro grandes do Rio de Janeiro. Os dois anteriores foram vencidos pelo Flamengo, que busca manter o histórico positivo no jogo desta noite.

O primeiro duelo ocorreu na Taça Rio do Estadual de 2005. Na época, o Volta Redonda tinha Túlio Maravilha no ataque e vivia grande fase, sendo campeão da Taça Guanabara da mesma edição. Contudo, o Flamengo venceu a partida por 1×0, com gol do volante Júnior. Posteriormente, o rubro-negro acabou perdendo a final para o Fluminense, que seria campeão carioca em cima do próprio Voltaço.

O segundo encontro em semifinais veio no Cariocão do ano passado, novamente pela Taça Rio. Com um elenco estrelado, o rubro-negro venceu com tranquilidade por 2×0, com dois gols de Bruno Henrique. Mais uma vez, a final foi vencida pelo Fluminense. Contudo, o Flamengo conquistou o título Estadual em cima do rival na final disputada pelos campeões de turno.

Agora, as duas equipes se reencontram em um confronto de ida e volta, com o primeiro jogo disputado no Raulino de Oliveira, casa do Tricolor de Aço. Mesmo com alguns titulares poupados, o Flamengo novamente possui um elenco bem superior e é o grande favorito para avançar até a final.

Por outro lado, o Volta Redonda aposta no brilho de Alef Manga e no bom trabalho de Neto Colucci para surpreender, na tentativa de conquistar o seu primeiro Campeonato Carioca na história.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top