Campeonato Brasileiro

Flamengo poderá ter pelo menos cinco desfalques para o final da temporada

(Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Com seu plantel completo, à exceção de Rodrigo Caio, o Flamengo superou o Sport na Ilha do Retiro em uma partida com nuances do saudoso time de 2019. A calmaria, no entanto, pode ser substituída pela preocupação. Isso porque entre lesionados e julgados, o Rubro-Negro pode perder pelo menos cinco atletas nesta reta final de Campeonato Brasileiro.

O caso mais antigo é o de Thiago Maia, fora desde novembro de 2020 quando sofreu uma lesão ligamentar no joelho. Também no departamento médico, o zagueiro Rodrigo Caio, fora das últimas três partidas do clube, segue em tratamento e é desfalque confirmado para o clássico dos milhões. Sem a opção pelo camisa 3, Rogério Ceni deve repetir a formação com Willian Arão e Gustavo Henrique.

Outra situação que preocupa internamente é a de Diego Alves. De acordo com informações divulgadas pelo clube, a nova lesão aponta para uma baixa de pelo menos três semanas – correndo o risco de sequer retornar para o fim da temporada. O atleta realizou exames nesta quarta-feira.

Por outro lado, porém, as dores de Gerson inspira cuidados, mas sem gerar tanta preocupação. A tendência é que o meia esteja em campo no clássico desta quinta-feira (04).

Se engana, porém, quem pensa que o único vilão desta reta final de temporada é o condicionamento físico dos atletas. Para os flamenguistas, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva tem um papel tão – ou mais – importante.

Recentemente, o STJD determinou a retomada do processo de julgamento sobre Bruno Henrique. A comissão disciplinar, que antes havia decidido não ter motivos para reconhecer a denúncia, agora analisa a gravidade do lance em que o camisa 27 atinge o rosto do volante Breno, do Goiás, pela 11ª rodada do Brasileiro.

O caso ainda será analisado na próxima sessão da Terceira Comissão Disciplinar no artigo de jogada violenta. Se denunciado, Bruno Henrique poderá pegar até seis jogos de suspensão.

Além disso, o STJD marcou para a próxima sexta-feira (05), o julgamento de Gabriel Barbosa pela expulsão na partida contra o Bahia, em dezembro de 2020. Se julgado, o artilheiro pode pegar 12 jogos de suspensão.

Relembre o caso:

No triunfo de virada sobre o Bahia, o camisa 9 foi expulso em um lance extremamente polêmico aos nove minutos da primeira etapa. De acordo com Flávio Rodrigues de Souza, árbitro da partida, o atacante foi desrespeitoso.

Denunciado pela segunda vez no artigo 258 II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, Gabigol pode pegar um gancho de 12 jogos por pena acumulativa.

Reprodução

Outro caso crucial é o de Gustavo Henrique. O zagueiro, que hoje vive a melhor fase desde sua chegada ao clube, também será julgado pelo STJD pela expulsão no clássico contra o Botafogo, pela 24ª rodada. O atleta poderá ser desfalque por três rodadas.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top