Flamengo

Flamengo se pronuncia e cobra medidas severas contra atos racistas de torcedores no Chile

Reprodução

Um torcedor da Universidad Católica foi flagrado imitando um macaco em direção aos torcedores do Flamengo, nesta última quinta-feira, em Santiago. Além do ato racista, objetos foram arremessados em direção aos flamenguistas e duas pessoas ficaram feridas. Após a vitória por 3×2 sobre o time chileno, o clube carioca se pronunciou e cobrou medidas severas da Conmebol.

+ Atuações ENM: Zaga falha, mas ataque garante vitória do Flamengo sobre a Universidad Católica; veja notas

+ Com show de Gabriel e Bruno Henrique, Flamengo bate Universidad Católica e segue invicto na Libertadores

Em suas redes sociais, o perfil oficial do Flamengo postou:

– Na noite desta quinta-feira, no estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago, no Chile, aconteceram cenas lamentáveis de racismo, lançamento de pedras, garrafas e sinalizadores (uma criança foi ferida) da torcida adversária em direção aos torcedores rubro-negros durante a partida entre Católica x Flamengo, pela 3ª rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores. Não aguentamos mais isso! Medidas severas precisam ser tomadas.

Veja a publicação:

Vale ressaltar que, no último fim de semana, no duelo entre Católica e Colo-Colo, o San Juan de Apoquindo foi palco de outros incidentes, como briga na arquibancada e relatos de furto no vestiário. O clube “cacique”, visitante no confronto, também protestou contra o tratamento recebido no estádio.

Episódios lamentáveis

Só nesta edição da Libertadores, outros quatro diferentes jogos envolvendo clubes brasileiros contaram com atos racistas. Na segunda rodada, torcedores do River Plate arremessaram bananas em direção a torcida do Fortaleza, no Estádio Monumental de Núñez. O torcedor foi banido e não poderá frequentar os jogos do clube durante seis meses.

Na última terça (26), em Corinthians x Boca Júniors, um argentino imitou macaco e chegou a ser detido pela PM, mas foi solto após pagar fiança. No mesmo dia, vídeos mostram a torcida do Estudiantes entoando gritos de “mono” (macaco em espanhol) para os torcedores do Red Bull Bragantino.

Na quarta, torcedores do Palmeiras relataram atos racistas vindos da torcida do Emelec, no duelo em Guayaquil. Em vídeo feito por um palmeirense, um garoto com a camisa do time equatoriano provoca os brasileiros com xingamentos e ainda debocha quando respondido.

Siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitterFacebook e Youtube.

Com o triunfo, o Flamengo chegou a nove pontos e se isolou na liderança do grupo H da Libertadores. Agora, o Rubro-Negro volta a campo no próximo domingo (01) contra o Altos-PI, às 18h (de Brasília), no Estádio Albertão, em duelo válido pelo jogo de ida da Copa do Brasil.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top