Flamengo

Flamengo só não foi vazado em duas partidas no Maracanã sob o comando de Domènec

(Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

O Flamengo fechou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro com algumas dores de cabeça para o técnico Domènec Torrent – a fragilidade do setor defensivo é, certamente, a maior delas. Como mandante, por exemplo, o atual campeão sofreu 11 gols em nove jogos e só não vazado em uma oportunidade. Na Libertadores, a equipe passou tranquilamente pelo Independiente del Valle, mas sofreu gol do Junior Barranquilla.

A derrota por 4 a 1 para o São Paulo, válida pela 19ª rodada, entrou para lista de maiores goleadas sofridas pelo rubro-negro como mandante na história do Brasileirão e é, também, a partida em que mais foi vazado dentro do Maracanã nesta temporada. Aliás, dos nove jogos em casa, o Flamengo só não sofreu gol em um – contra o Sport, dia 7 de outubro, pela 14ª rodada.

Entretanto, não é só de preocupação que vive o torcedor rubro-negro. Se o setor defensivo traz problemas, o ofensivo carrega soluções. O Flamengo é o time com a melhor média de gols marcados (1,74) no Brasileirão: são 33 em 19 jogos. Seguido pelo Atlético-MG com 30 tentos em 18 partidas. É a segunda equipe que mais finaliza no campeonato, com uma média de 6,32 corretas.

Além disso, ocupa o topo da tabela entre os assistentes do Brasileirão – 25 em todo o 1º turno – e é o único clube com dois representantes na lista. Bruno Henrique e Isla, ambos com quatro assistências, dividem a 3ª colocação entre os maiores ”garçons”.

[05] – Marinho (Santos)
[05] Galhardo (Internacional)
[04] – Bruno Henrique e Isla (Flamengo)
[04] – Alisson (Grêmio)*
[04] – Ytalo (Bragantino)

*O Grêmio possui um jogo a menos.

O ataque flamenguista também é destaque na Libertadores da América. Com 14 gols em 74 finalizações, o Rubro-Negro só perde em efetividade para o River Plate e para o Palmeiras.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top