Fluminense

Fluminense faz ‘dancinha’, mas joga para o gasto em classificação na Copa do Brasil

FOTO: MARCELO GONÇALVES/FFC

‘Desenrola, bate e joga de ladinho’. A música, que viralizou nas redes sociais, foi a comemoração do Fluminense nos gols na vitória por 2 a 0 sobre o Vila Nova, pela terceira fase da Copa do Brasil. Cano iniciou com ritmo e Luiz Henrique fechou para a classificação às oitavas de final da competição. No entanto, o time apresentou um futebol bem abaixo dos últimos jogos e se viu em perigo algumas vezes no Serra Dourada.

No primeiro tempo, a equipe do Fluminense teve apenas duas chances de marcar. A primeira, logo depois da saída de bola, com Cano, mas o argentino desperdiçou. No entanto, em jogada ensaiada do Tricolor, o camisa 14 abriu o placar. Ele se isolou cada vez mais na artilharia, com 13 gols marcados na temporada. Foi só o que a equipe de Fernando Diniz fez. O time recuou e deixou o Vila Nova ganhar espaço.

Samuel Xavier acabou saindo ainda na etapa inicial após se sentir enjoado. Calegari foi acionado, mas não teve resultado. O Moleque de Xerém entrou apático e também cometeu erros bobos. Victor Andrade conseguiu fazer pelo menos duas jogadas pelo lado do lateral.

Na volta para a etapa final, o Fluminense voltou parecido como terminou o primeiro: dando espaços para o Vila Nova arriscar. O time de Fernando Diniz até tentou se arriscar no ataque, mas chutou duas bolas para fora e demonstrou dificuldades em e desenvolver as jogadas.

O jogo se encaminhava para um festival de erros, mas foi em um desses lances que nasceu o segundo gol. Em boa trama de pé em pé, Nathan achou Yago Felipe e o volante tocou para Pineida. O lateral invadiu a área e encontrou Luiz Henrique para ampliar, o que deixou a partida mais tranquila. A partir daí, o Tricolor apenas controlou o jogo e encaminhar a classificação.

Ao fim do jogo, o placar de finalizações teve bastante diferença. Foram 21 finalizações do Vila Nova contra 7 do Fluminense, sendo que somente duas foram no gol. Apesar da eficiência, o tricolor pouco produziu contra um adversário que escancara suas diferenças dentro e fora de campo.

Com o resultado, o Fluminense “dançante” embolsa R$ 3 milhões por avançar às oitavas de final e espera o sorteio que será realizado pela CBF. Agora, o Tricolor encara o Athletico, no sábado, às 21h, no Raulino de Oliveira, pelo Campeonato Brasileiro.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top