Fluminense

Fluminense mostra superioridade sobre o Botafogo, mas precisa de ajustes para Libertadores

Fluminense x Botafogo
Foto: Mailson Santana/FFC

Em jogo burocrático, o Fluminense venceu e eliminou o Botafogo do Campeonato Carioca, colocando o adversário ainda mais em crise depois de ficar fora da Copa do Brasil no meio de semana ao perder para o ABC, de Natal. O Tricolor tem que tirar lições da partida, pois precisa aprimorar alguns pontos para a Copa Libertadores.

Com o resultado do último sábado, o Fluminense segue sem ser derrotado em clássicos em 2021. São cinco jogos contra rivais cariocas, quatro vitórias e um empate. O último revés foi em setembro do ano passado.

Dois pontos podem ser avaliados e que serão ajustados por Roger Machado para o jogo de quinta-feira, quando enfrenta o River Plate, pela 1ª rodada da Libertadores. Nenê atuou aberto, pouco ajudou. Kayky, que participou dos dois lances mais polêmicos do clássico: ao sofrer pênalti não marcado após ser derrubado por Gilvan e ao cabecear a bola no braço de Paulo Victor. Os dribles e velocidade do garoto de 17 anos colocaram ânimo à partida. Em muitos momentos do jogo, o Tricolor ficou com a bola, mas não soube ser eficaz para finalizar em gol.

O placar foi aberto com Nino, no início da segunda etapa, em boa cobrança de falta de Nenê, o que serviu para o Fluminense reafirmar seu domínio na partida. Neste momento, o camisa 77 já havia subido de produção ao ser centralizado.

– Jogada que a gente treina muito. Tem a qualidade do Nenê e nosso posicionamento na área. Sabemos que jogos assim se decidem nos detalhes – disse Nino.

Cazares e Samuel Xavier fizeram estreias. Os dois ainda podem mostrar muito mais ao longo da temporada e ainda crescer de entrosamento com a equipe. Para isso, Roger terá que fazer testes em duelos importantes e na competição em que o Fluminense não joga há oito anos.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top