Futebol

Formiga: o clima de despedida em sua última partida com a Amarelinha

Thaís Magalhães/CBF

A Seleção Brasileira volta a entrar em campo nesta quinta-feira, às 22hrs pelo horário de Brasília, em partida válida pelo Torneio Internacional de Futebol Feminino. Jogo acontecerá em Manaus, na Arena da Amazônia.

Jogo de hoje será com clima de despedida para os torcedores e apreciadores do futebol feminino. A Lenda, Formiga, fará a sua despedida oficial pela Seleção Feminina jogando os seus últimos 90 minutos com a amarelinha. Aos 43 anos, ela se despede da camisa que defende desde os 17. Até o momento, a volante tem mais de 20 mil minutos jogados pela seleção, além de 233 jogos disputados.

Formiga já defendeu a camisa verde e amarela por 26 anos, com um retrospecto muito favorável. Com ela em campo, a seleção soma 151 vitórias, 35 empates, 47 derrotas e uma marca de 37 gols anotados em seu nome.

A atleta também participou de todos os sete Jogos Olímpicos que a Seleção Feminina um dia já disputou. Em questão de Copa do Mundo, Formiga só não participou em uma ocasião, porém, estava presente nas outras sete em que o Brasil jogou.

Formiga é grandiosa e representa muita história para o futebol brasileiro. Atualmente, é a atleta que mais vestiu a camisa da Seleção Brasileira, além de colecionar títulos com ela, como o tri-campeonato pan-americano, a Copa América e o vice mundial. A jogadora também é medalhista de prata das Olimpíadas, coleciona duas.

No último treino das meninas antes da partida, o clima foi de muita festa, felicidade e, lógico, gratidão. Gratidão essa, merecida. Formiga é gigante e tem um legado histórico pela seleção, além de servir de inspiração para outras milhares de meninas.

Quando Formiga chegou ao Centro de Treinamento 3B da Amazônia, foi surpreendida por uma queima de fogos e painéis que celebravam as suas conquistas e últimos atos como jogadora da Seleção Brasileira.

Em entrevista à CBF, a meia disse estar feliz com o crescimento da popularidade do futebol feminino no Brasil. Pediu também para que suas companheiras sempre acreditem no esporte e que continuem lutando, independentemente da fase.

“Se eu pudesse fazer um quadro de um dos momentos mais importantes dessa minha trajetória, incluiria também o de hoje, por ver o crescimento do futebol feminino no Brasil. Acredito que hoje nós podemos sonhar com um futuro melhor na modalidade, em que essas meninas não terão que enfrentar metade das barreiras que enfrentei no começo, porque hoje o futebol feminino virou uma realidade. O legado é que elas continuem acreditando, porque a cada dia o futebol feminino brasileiro está melhorando”.

Brasil e índia se enfrentam hoje, às 22hrs, e a transmissão ocorrerá por meio dos canais SporTV.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top