Copa do Brasil

Fortaleza supera barreira dos R$ 17 milhões em premiações na Copa do Brasil 2021

Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza EC

Na última quarta-feira (15), o Fortaleza recebeu, na Arena Castelão, a equipe do São Paulo. O confronto, válido pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil 2021, teve como resultado vitória do Leão pelo placar de 3×1. Após empatar de forma heróica na ida, o Tricolor do Pici se impôs, bateu o adversário paulista com gols de Ronald, Ângelo Henríquez e David, fez um placar agregado de 5×3 e garantiu vaga na semifinal da competição nacional, onde enfrentará o Atlético-MG.

+ LEIA MAIS | Fortaleza atropela Alvinegro e firma vaga nas quartas do Cearense Sub-20

Após mais uma classificação dentro da Copa do Brasil, a qual disputa desde a primeira fase, o Fortaleza vem fazendo história no campo e fora dele. Além de superar sua melhor campanha no torneio nacional, o Tricolor do Pici vem quebrando recordes de lucro e acumula uma quantia milionária vinda de premiações da competição. Ao todo, o Fortaleza já tem uma renda de exatos R$ 17,21 milhões apenas avançando fases na Copa do Brasil.

Primeiramente, apenas por participar do torneio, o Fortaleza já havia embolsado R$ 990 mil. Como pertencia ao Grupo II, não obteve a maior premiação por participação. Porém, ao bater, na primeira fase, o Caxias por 0x1 no Rio Grande do Sul, o Tricolor do Pici conquistou mais R$ 1,07 milhão. Na segunda fase, o Fortaleza enfrentou, no Castelão, o Ypiranga, outro clube gaúcho. Após um jogo apertado, Yago Pikachu saiu do banco de reservas, marcou um golaço de falta e garantiu mais R$ 1,7 milhão aos cofres do Tricolor do Pici, que venceu o duelo em questão também por 1×0.

+ Para saber tudo do Fortaleza, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagramFacebookYouTube!

Já na terceira fase, o Fortaleza enfrentou seu arquirrival Ceará pela primeira vez em toda a história da Copa do Brasil. Após empatar em 1×1 no jogo de ida, o Leão do Pici não deu chances ao Vovô, aplicou uma goleada por 0x3 e, de forma histórica, garantiu vaga nas oitavas de final do torneio. Além disso, o Tricolor de Aço adquiriu a bagatela de R$ 2,7 milhões. Em seguida, nas oitavas, ao conquistar duas vitórias sobre a equipe do CRB (2×1 e 0x1) e avançar às quartas de final da Copa do Brasil, o Fortaleza garantiu uma renda de R$ 3,45 milhões, chegando ao valor acumulado de R$ 9,91 milhões.

Por fim, ao levar a melhor diante do São Paulo nas quartas de final da competição (2×2 e 3×1), o Fortaleza conquistou a bagatela de R$ 7,3 milhões, superando a maior quantia ganha pelo time em uma só fase, que, até então, havia sido o valor de R$ 3,45 milhões da eliminatória anterior. Dessa forma, o Leão do Pici chegou aos incríveis R$ 17,21 milhões totais embolsados, marca que superou as expectativas previstas pela diretoria leonina no balanço financeiro do clube no início da temporada.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top