Lutas

Francis Ngannou passará por cirurgia no joelho e ficará até dez meses fora

Divulgação/Instagram Oficial UFC

Enquanto terá que lidar com o UFC na briga relativa a seu contrato com a organização, Francis Ngannou também terá que cuidar de sua saúde, com uma cirurgia no joelho por uma lesão revelada logo após a vitória sobre Cyril Gane no UFC 270.

O agente do campeão dos pesados do Ultimate, Maiquel Martin, revelou ao MMAFighting que esta operação será feita em março, depois de uma viagem planejada para sua terra natal, Camarões. O médico responsável será o Dr. Neal ElAttrache, que já cuidou de gente como Conor McGregor e Georges St-Pierre. E há a chance de que o lutador fique até dez meses fora de atividade.

LEIA TAMBÉM

+ UFC 274 deixará Rio de Janeiro e deve ser realizado nos Estados Unidos

+ Ngannou revela ameaça do UFC com possibilidade de negociar com equipe de Jake Paul

– Francis deverá fazer a cirurgia em março. Claro que isso pode variar, mas acho que a previsão é de que ele volte a lutar em nove ou dez meses – disse Martin.

A lesão envolve um problema nos ligamentos do joelho do camaronês, mas como não houve o rompimento, a cirurgia será feita de modo a apenas reparar os danos para poder dar maiores condições de recuperação rápida para o campeão peso-pesado.

– O ligamento medial ‘já era’ mas ainda pode se curar sozinho. O ligamento anterior ele vai ter que reparar e, se houver algum dano que pode ser reparado no outro ligamento, isto será feito – afirmou o agente de Ngannou.

O período de ausência de Francis Ngannou será justamente aquele em que ainda tentará negociar sua permanência no UFC. O camaronês e Dana White estão em rota de colisão, já que a atual oferta contratual que o Ultimate lhe fez não foi aceita e ‘The Predator’ pede, além de um vistoso aumento salarial, poder lutar boxe.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top