e-Sports

Free Fire: Garena bane permanentemente 1,3 milhão de jogadores por uso de hack

Imagem: Divulgação/Garena

A Garena anunciou a suspensão permanente de 1,3 milhão de contas no mundo todo por uso de cheats no Free Fire. O banimento ocorreu em um intervalo de duas semanas, entre os dias 21 de março e 3 de abril de 2021. Os jogadores, identificados através do sistema anti-trapaças da empresa ou por denúncias dos usuários, foram punidos por utilizarem hacks, scripts e aplicativos de terceiros para obter vantagens dentro do Battle Royale e não há forma de recuperar as contas. 

Além da punição dos jogadores, a Garena anunciou também uma nova atualização nas medidas anti-hack para prevenir o uso de novos tipos de cheats e consertar vulnerabilidades que permitam que players obtenham vantagens através de meios proibidos. A empresa promete estar fazendo um grande esforço para impedir trapaças e tem divulgado ondas com milhões de banimentos frequentemente. 

Por fim, a empresa reafirma que o Free Fire não pode ser utilizado com nenhum aplicativo que não esteja autorizado e o uso resultará na suspensão da conta. Além de utilizar sua própria ferramenta para localizar infratores, o suporte do game incentiva a denúncia de hackers nos canais oficiais ou no sistema de denúncia no fim da partida.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top