Geral

Atuações ENM: No encontro de rubro-negros deu Furacão!

Nikão
Divulgação/Instagram/Athletico

O Athletico visitou o time do Flamengo no Maracanã nessa quarta-feira (27), às 21h30, pelo jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil 2021. E o resultado surpreendeu, com goleada do Furacão. 

Com um gol de Nikão marcado logo aos 10′, após Filipe Luis cometer pênalti em cima de Renato Kayzer depois de um passe açucarado de Leo Cittadini, o Furacão dominou a primeira metade da etapa inicial. Porém, depois de o Athletico desacelerar o ritmo, o rubro-negro carioca recuperou a estabilidade emocional e teve o controle das ações até o final do primeiro tempo, que teve 10 minutos de acréscimo. Sem ceder espaços para o visitante atacar e agredindo a meta de Santos a todo momento, o Mengão dominava o jogo, mas o Furacão na eficiência, conseguiu encaixar apenas um contra-ataque que levou o jogo para o intervalo com 2×0 com mais uma bola na rede de Nikão. 

Já no segundo tempo o Flamengo aumentou sua pressão com a entrada de Michael, e fez um impressionante bombardeio ao gol do goleiro Santos, que foi obrigado a fazer belas defesas, mas o Athletico foi mais uma vez eficiente e dessa vez também eficaz, e no final do jogo, Zé Ivaldo marcou um golaço, fechando o jogo em 3×0. 

DESTAQUES: 

NIKÃO – Apesar de um primeiro tempo discreto, foi muito eficiente quando a bola esteve em seu domínio, com um gol de pênalti e um de perna direita depois de um contra-ataque. 

RENATO KAYZER – Sofreu um pênalti que levou ao primeiro gol e deu a assistência que serviu a Nikão fazer o segundo. 

SANTOS – Foi o homem do jogo, com defesas de todas as distâncias e níveis de dificuldade. 

ZÉ IVALDO – Em um lance, roubou a bola na defesa, executou dribles, deu um belo passe de trivela e chegou as ataque para completar para o gol. 

KHELLVEN – Participou apenas de um lance, e levou um justo cartão vermelho após entrada de sola por cima em Kennedy. 

Notas: 

Santos – 9,0  

Pedro Henrique – 7,0 

Thiago Heleno – 7,0 

Nico Hernández – 6,5 

Marcinho – 7,0 

Erick – 6,5 

Léo Cittadini – 7,5 

Abner – 7,0 

Nikão – 8,5 

Renato Kayzer – 8,0 

David Terans – 7,5 

RESERVAS: 

Khellven – 0,0 

Zé Ivaldo – 8,0 

Canesin – 6,5 

Christian – 6,5 

Pedro Rocha – 7,5 

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top