Futebol Internacional

Futebol Europeu sofre impacto de € 5 bilhões por causa da pandemia

Foto: Getty Images

O The European Champions Report 2021 divulgou nesta segunda-feira (11) um estudo realizado pela KPMG que mostrou o impacto sofrido pelos clubes da Europa na pandemia. O valor chega a € 5 bilhões nos cofres de algumas das principais equipes do continente, o levantamento mostra Real Madrid, Liverpool, Bayern de Munique, Juventus, Paris Saint-Germain e o Porto.

Ainda de acordo com a KPMG os campeonatos adiados ou realizados sem torcida foram os principais contribuintes desse gigantesco impacto negativo financeiro nos clubes, isso somado a incerteza sobre os direitos de transmissão e a continuidade de acordos comerciais existentes.

Fonte: KPMG Benchmark e Datawrapper

“A crise do coronavírus levantou a questão sobre a sustentabilidade financeira do ecossistema do Futebol como um todo, e expôs a sua fragilidade. Até mesmo antes da pandemia, salários inflacionados, combinados com crescentes taxas de transferências e percentuais de agentes, colocavam uma pressão significativa sobre as finanças dos clubes. A crise ampliou as falhas do modelo de negócio”, disse Andrea Sartori, chefe global da área de esportes da KPMG e autor do relatório.

Das equipes citadas todas elas sofreram com quedas de receitas. Juventus, PSG e Porto, a redução foi acima de 10%. Enquanto Bayern de Munique, Real Madrid e o Liverpool conseguiram amenizar os impactos e fecharam novos patrocinadores neste período. De todos, o maior prejudicado foi o PSG de Neymar, com uma perda de € 95.4 milhões, além de um prejuízo líquido de € 125.8 milhões. Entre as maiores receitas, o Real Madrid figurou no topo, com € 681.2 milhões.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top