Atlético-MG

Futuro de Victor e Tardelli será definido pela questão técnica separada da história, diz diretor de futebol

Futuro de Victor e Tardelli será definido pela questão técnica separada da história, diz diretor de futebol
Foto: Bruno Cantini/Atlético

Dois ídolos que integram o elenco atleticano estão com o futuro indefinido no clube. O goleiro Victor e o atacante Diego Tardelli, ambos campeões da Copa Libertadores de 2013 e da Copa do Brasil de 2014 pelo Galo, estão chegando ao final de contrato com o Atlético-MG e terão definição de permanência ou não nos próximos dias.

Em entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (23), na Cidade do Galo, o diretor de futebol do Atlético-MG, Rodrigo Caetano, disse que o clube vem tratando a situação de ambos os casos com respeito pela história de ambos, mas que a decisão será tomada pela questão técnica.

— Nós já conversamos com ambos, temos alguns dias pela frente para que possamos oficializar ambos os casos. O que posso antecipar é que o Galo vai vem tratando esse assunto com o respeito que nos é exigido. São dois ídolos, com uma história vencedora dentro do Galo e a avaliação será feita da continuidade ou não a partir daquilo que existe no entendimento na atual comissão técnico e na futura também, para o melhor aproveitamento deles. Uma coisa é a questão técnica, do aproveitamento e outra a história, são duas coisas distintas e serão tratadas de forma distinta também. O reconhecimento será eterno, mas a questão técnica será decidida nos próximos dias — disse o diretor de futebol.

O contrato de Victor com o Atlético-MG se encerra neste mês, Tardelli também tem contrato de apenas um ano e também está próximo do fim, no documento afirma que o jogador teria renovação se atingisse determinada produtividade, mas a lesão que o obrigou a operar o tornozelo o deixou de fora dos gramados por quase toda a temporada.

Victor tem 38 anos, chegou ao Atlético-MG ainda em 2012 e de lá para cá conquistou a Copa Libertadores (2013) e Copa do Brasil (2014), a Recopa Sul-Americana (2014) e quatro Campeonatos Mineiros (2013, 2015, 2017 e 2020).

Diego Tardelli tem 35 anos e está em sua terceira passagem pelo Atlético-MG. Retornou ao clube mineiro em fevereiro de 2020, após passagem apagada pelo Grêmio, mas sofreu uma lesão em julho, que o tirou dos gramados até o início de 2021. O atacante também tem uma extensa sala de troféus com o Galo, com uma Copa Libertadores (2013), Copa do Brasil (2014) e Recopa (2014), além de três estaduais.

Apesar de serem grandes ídolos da história do Atlético-MG, o lado afetivo e emocional terá de ser deixado de lado para que haja a definição do futuro do goleiro e do atacante.

Vale lembrar que, para o gol, o Atlético-MG tem Everson, Rafael e Matheus Mendes, além de Victor. E no ataque, o Galo tem Savarino, Keno, Marrony, Vargas, Eduardo Sasha, Hulk e Savinho.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top