Flamengo

Gabigol e Nunes são homenageados na Calçada da Fama do Maracanã

Gabigol e Nunes são homenageados na Calçada da Fama do Maracanã
Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

No início da tarde desta terça (22), dois dos maiores atacantes da história do Flamengo, Gabigol e Nunes, o Artilheiro das Decisões, foram eternizados na Calçada da Fama do Maracanã. O atual dono da camisa 9 rubro-negra é o maior goleador desde a reforma feita no estádio.

No Flamengo desde 2019, Gabigol soma 89 partidas com o Manto no Maracanã, com 56 gols e 23 assistências, além de ter conquistado: Campeonato Brasileiro (2019 e 2020), Libertadores (2019), três Cariocas (2019, 2020 e 2021), Recopa Sul-Americana (2020), e a Supercopa do Brasil (2020 e 2021).

+ Flamengo decide não renovar com Diego Alves, Isla e mais dois jogadores

+ Titular desde a chegada de Paulo Sousa, Hugo completa 50 jogos pelo Flamengo

– Muito feliz por esse momento. Agradecer a Deus, meus amigos e minha família. Agradecer também todo staff do Flamengo, e, principalmente, meus companheiros de equipe. Eles que levam a bola para eu fazer o gol. É uma honra usar a 9 que um dia foi do Nunes. Agradeço aos torcedores do Flamengo pelo carinho, respeito, e que a gente ainda comemore muitos gols. Minha forma de retribuir é dessa forma, dentro de campo. Que a gente consiga ganhar o Carioca para começar bem o ano. A torcida do Flamengo é inexplicável, não tem comparação, e eles também ajudam a balançar a rede – disse Gabigol.

Questionado sobre a idolatria da torcida e a sua importância na história do Flamengo, Gabi respondeu:

– Tento levar isso com naturalidade, porque sei que o jogo mais importante é sempre o próximo. Mas é muito bom poder viajar o Brasil inteiro e sentir esse carinho. Quando eu me aposentar talvez eu tenha essa dimensão. Sempre que eu coloco a camisa do Flamengo procuro dar o meu máximo, porque sei que represento uma nação.

Nunes, por sua vez, vestiu a camisa do Flamengo de 1980 a 1990, disputou 214 partidas e balançou a rede 98 vezes, 57 dessas no Maracanã. Conhecido pelo poder de decisão, o ex-jogador marcou nas finais do Mundial de 1981 e nos Brasileiros de 1980 e 1982, gols que lhe renderam o apelido de “Artilheiro das Decisões”. Agora, 30 anos após deixar os gramados, o ídolo rubro-negro recebe a homenagem de um dos mais importantes estádios do mundo.

– Minha emoção é grande. Quando criança, em Feira de Santana, eu já tinha um sonho e objetivo, que era vestir a camisa do Flamengo e jogar no Maracanã. Eu realizei. E depois fui campeão do mundo por essa nação que respeito muito. O gol mais bonito foi contra o Atlético-MG, o gol do primeiro título do Brasileiro do Flamengo – disse Nunes.

Siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitterFacebook e Youtube.

Protagonistas em diferentes gerações, os ídolos deixaram a marca de seus respectivos pés marcados na história do Maracanã e, agora, fazem parte de um seleto grupo, que conta com: Pelé, Zico, Romário, Roberto Dinamite, Ronaldo, Garrinha, entre outros. Além de Marta, eleita seis vezes eleita a melhor jogadora do mundo.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top