Olimpíadas

Gabriel Medina exalta condições do mar em vitória nas quartas e ressalta proximidade do sonho olímpico: ‘conquistar a medalha de ouro’

Foto: Jonne Roriz/COB

O surfista Gabriel Medina está na semifinal da modalidade nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, após derrotar o francês Michel Bourez. O brasileiro venceu com a nota 15.33, contra 13.66 do adversário. Medina afirmou que está próximo de realizar o sonho, que é de chegar a uma final olímpica para conquistar o ouro.

— É um sonho. Esse é o objetivo quando eu vim para cá, de estar em uma final e se Deus quiser conquistar a medalha de ouro. Está chegando perto. É se manter concentrado, passo a passo, toda bateria é difícil, não pode dar mole. É isso, vamos para cima.

+ Com show de aéreos, Medina e Ítalo confirmam favoritismo e vão às semifinais do surfe na Olimpíada

Na semifinal, Gabriel Medina vai enfrentar o japonês Kanoa Igarashi, que venceu o norte-americano Kolohe Andino. O brasileiro conhece bem o oponente.

— Eu e o Kanoa é bateria de WCT. Estou acostumado, vamos nessa. Torcer para o Ítalo para que dê Brasil na final.

O mar agitado proporcionou aos surfistas uma quantidade maior de ondas e isso foi motivo de felicidade para Gabriel Medina. Na avaliação dele, essa circunstância não era esperada.

— A gente veio para cá achando que iria ter marola, mas na verdade estamos tendo altas ondas. Isso é bom porque a gente tem várias oportunidades para ficar arriscando. Estou feliz por ter onda e a gente está apresentando o surf assim. Eu tive uma bateria boa e é isso, continuar com essa vibe.
que vai dar tudo certo.

A expectativa é de que Gabriel Medina volte para a água às 23h48 (horário de Brasília).

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top