Outro lado

Galvão Bueno tem contas bancárias bloqueadas pela Justiça por dívida milionária

Reprodução/TV Globo

Galvão Bueno teve suas contas bloqueadas pela Justiça de São Paulo por causa dívida de R$ 1,3 milhões de uma de suas empresas. A decisão foi tomada pelo juiz Rodrigo Medina, da 9ª vara cível de São Paulo, após um processo aberto pela Lest Credit Fundo contra a Virtual Promoções e Participações, de propriedade do narrador. O bloqueio de contas também se estendeu para sua esposa, Desiré, e a filha Letícia Bueno. As informações são do Jornal O Dia.

A ação foi movida pelo não pagamento de um empréstimo tirado em 2017 pela empresa do locutor. No processo consta que a dívida foi inicialmente negociada com um desconto de R$ 473 mil. Galvão entrou como avalista do seu próprio negócio e deu entrada de R$ 600 mil, mas a falta do pagamento das duas parcelas seguintes, listadas em R$ 120 mil cada, motivou o fundo de investimento a entrar na justiça contra o jornalista, agora cobrando o valor integral do débito.

Foram encontrados na conta de Galvão Bueno apenas R$ 1,4 mil, enquanto na da sua esposa o valor achado foi de cerca R$ 90 mil. Ainda foram retidos pela justiça R$ 4,3 mil da filha do narrador e R$ 26 da conta da Virtual Promoções e Participações.

A defesa de Galvão pediu a suspensão da decisão alegando que os valores retidos são “impenhoráveis”, de caráter salarial e que “são necessárias para o sustento da família”.  

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top