e-Sports

Valorant: Gamelanders Purple é a nova campeã da Girl Pwr; Chikichitas garante terceiro lugar

Gamelanders é a nova campeã da Girl Pwr; Chikichitas conquista o terceiro lugar. Foto: Divulgação/Gaming Culture.

Essa tarde foi de decisão com a final da Girl Pwr, competição feminina de Valorant organizada pela Gaming Culture e válida pelo circuito Game Changers. A Gamelanders Purple arrancou a coroa da INTZ Angels e se consagrou a mais nova campeã da competição que chegou ao fim da segunda edição. As jogadoras da GL garantiram 10 mil reais com a primeira classificação, além de pontos no Game Changers, circuito oficial da Riot Games que busca fomentar o cenário feminino de Valorant. Além da final, nesta tarde também ocorreu a partida válida pelo terceiro lugar, com vitória da Chikichitas, ex-line up da Team Vikings que se encontra sem organização atualmente, sobre a Havan Liberty.

Além das premiações em dinheiro para as melhores colocadas, a Girl Pwr, competição patrocinada pela AOC e pela JBL, ainda distribuiu prêmios para a MVP e para a Jogadora Revelação. Nessa edição do evento, Elaine “Mindle” (Gamelanders) foi nomeada a Jogadora Revelação enquanto “Bstrdd” (também da GL) foi nomeada a MVP. As jogadoras ganharam um Headset Quantum One da JBL e um superkit com mouse, teclado e mousepad da AOC, respectivamente.

Confira um pouco do que rolou nas partidas:

Chikichitas (2) x (1) Havan Liberty

Haven (CKS 8 x 13 HL): A primeira partida da última tarde de Girl Pwr começou favorável para a Havan Liberty, mesmo no mapa de pick das adversárias, com a equipe levando os dois primeiros rounds e ensaiando um início superior de partida. No primeiro round armado, a CKS também pontuou. Nesse início, a Chikichitas esteve bem efetiva na defesa nos momentos de after-plant. Depois do empate em 4 a 4, a equipe continuou pontuando, sempre com defuses da Spike. Na primeira metade do mapa, “hannahbacon” se destacou ao conseguiu eliminações importantes tanto no Early Round, como nos retakes, facilitando o trabalho da equipe. O último ponto da primeira metade foi um belo clutch da “sayuri”, que diminuiu a desvantagem da HL no placar que marcava 7 a 5 no final da primeira etapa.

Após a troca de lados, a partida voltou ao domínio da Havan de “sayuri”, que bagunçou o ataque da CKS no início da segunda metade. A Chikichitas de “hannahbacon” teve muita dificuldade no ataque, chegando ao plant quase sempre em desvantagem numérica. A equipe viu, round após round, a HL sair de uma desvantagem de dois pontos para uma vantagem de cinco pontos. No Map Point da HL, a CKS ainda teria que marcar quatro vezes seguidas, o que não foi possível graças às três eliminações de mittens no último round. Placar do mapa: 13 a 8.

Bind (CKS 13 X 10 HL): No mapa pick da Havan Liberty, a CKS fez uma primeira metade impressionante, levando o pistol e garantindo muitas boas sequências. A equipe chegou a abrir sete pontos de vantagem jogando como defensoras. Na troca de lados, o placar marcava 9 a 3 para a Chikichitas, com grande atuação de “consu” na primeira parte.

Na segunda mentade, a CKS levou o Round Pistol, mas a defesa da HL de “isa1” aplicou bons retakes nos after-plants, em alguns casos impedindo até o plant da Spike. A equipe protagonizou uma boa retomada e aplicou uma sequência de quatro rounds antes do próximo ponto da CKS, que apesar de ver sua vantagem diminuída, chegou ao 12º ponto. A jogadora Sayuri não quis deixar fácil esse Map Point, e ainda garantiu um clutch para a HL, que ainda pontuou mais duas vezes antes da CKS confirmar o Map Point. Placar final do mapa: 13 a 10.

Split: (CKS 13 x 8 HL): No terceiro jogo da série, a HL largou na frente e levou os dois primeiros rounds, mas a CKS logo empatou. Em Split, a partida teve equilíbrio durante toda primeira etapa, com o empate perdurando no placar até a troca de lados. Foi só após a troca que a Chikichitas passou a exercer alguma soberania na defesa com bons defuses, com destaque para a quantidade de eliminações de “hannabacon” e “consu”. A Havan Liberty precisou mudar de postura algumas vezes na partida, e com a aproximação da CKS do Match Point, as jogadas no ataque passaram a ser muito mais pensadas e executadas com mais paciência. Apesar dessas trocas, a equipe não conseguiu encaixar jogadas efetivas de ataque e, quando a CKS alcançou o 11º ponto contra os sete da HL, uma pausa técnica foi pedida pela equipe.

Na volta, “blu” chegou com outros piques e garantiu um incrível clutch 3×1 que deu novos ânimos à equipe da HL. O balde de água fria veio logo no ponto seguinte conquistado pela CKS, que eliminou muito rapidamente todas as jogadoras da Havan, chegando assim ao Match Point. Com mais um round excelente da Mindle, a Chikichitas alcançou a vitória e se consagrou no terceiro lugar da Girl Pwr com virada para cima da Havan Liberty. Placar do mapa: 13 a 8.

INTZ Angels (0) x (2) Gamelanders Purple

Bind (INTZ 7 x 13 GL): O mapa de escolha da GLP começou com o round pistol sendo levado pelas Angels, mas a partir do segundo round a GL impôs um ritmo muito intenso com a “nat1” distribuindo bala nos primeiros momentos do jogo. Foi só depois de 8 pontos seguidos da Gamelanders que a INTZ interrompeu a sequência adversária e voltou a marcar, em sua primeira sequência. No final da primeira metade, o placar marcava 8 a 4 para a Gamelanders Purple.

Após a troca de lados, a Gamelanders levou o Round Pistol, mas perdeu o segundo para a INTZ. A partir da terceira rodada da segunda metade, somente a Gamelanders pontuou, chegando ao placar de 11 a 6 antes da pausa técnica pedida pela INTZ Angels. Mas a “bstrdd” da GL estava chata demais, com várias eliminações em muitos rounds, ajudando a GL a chegar no Map Point com o placar de 12 a 6. A INTZ ainda conseguiu marcar mais um ponto, mas o seguinte foi levado pela GL com um triple-kill da bstrdd. Placar do mapa: 13 a 7.

Ascent (INTZ 12 x 14 GL): O Round Pistol foi levado pela INTZ Angels com clutch de Celinett que efetuou 4 eliminações e garantiu o primeiro ponto da partida. As Angels ainda marcaram mais um antes do primeiro da Gamelanders, que também converteu dois rounds em sequência e empatou a partida. O início de Ascent foi marcado pelo equilíbrio entre as duas equipes, com diversos empates nesse Early Map. Foi só depois do empate de 5 a 5 que a Gamelanders conseguiu abrir uma vantagem de dois pontos após da virada. Na troca de lados, o placar marcava 7 a 5.

Após a troca, a GL continuou ampliando a vantagem com a conversão do Round Pistol e de mais outros dois antes do próximo ponto das Angels. Com ótima jogada da “Shyz”, a INTZ marcou mais um e emplacou uma sequência de 5 rounds no total que levou a equipe até a virada com o placar de 10 a 9 em cima da GL, que por sua vez também empatou o jogo mais uma vez já no próximo round. Que final incrível! A INTZ chegou ao Map Point com 2 pontos de vantagem, mas a GL reverteu a desvantagem e ainda levou os dois rounds seguintes, se consagrando campeã da Girl Pwr sem necessidade de um terceiro mapa, em uma partida que esteve aberta até o último segundo. Parabéns Gamelanders Purple!

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook para ficar por dentro de tudo que rola no cenário brasileiro de Valorant.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top