Vasco

Germán Cano descarta problemas com Lisca e avalia trabalho do ex-treinador: ‘não conectamos bem com ele’

Foto: Rafael Ribeiro|Vasco

Artilheiro e principal jogador do Vasco, Germán Cano avaliou a passagem do técnico Lisca, que pediu demissão na última quarta-feira. Na opinião do argentino, o trabalho não foi bem assimilado pelos jogadores.

— Não conectamos bem com o professor Lisca. Implantou uma ideia que não aconteceu e isso faz parte. Os jogadores estão dispostos a sempre fazer o melhor. Vamos continuar trabalhando, acreditando em cada jogador e saber que o trabalho é que vai tirar o Vasco deste momento.

+ Germán Cano afirma que jejum de gols vai passar e despista sobre renovação com o Vasco: ‘cabeça está 100% no acesso’

Germán Cano descartou qualquer tipo de atrito do ex-treinador com o elenco.

— Durante todo o momento os jogadores sempre deram o melhor para que as coisas acontecessem dentro de campo, mas não funcionou. Fora de campo sempre esteve ao lado do jogador, motivando. Apenas as coisas não aconteceram dentro de campo.

Sob o comando de Lisca, Germán Cano chegou ao seu maior jejum desde que chegou ao Vasco. São 10 jogos sem marcar, superando por uma partida a seca da temporada passada. O ex-treinador cobrava mais participação do artilheiro na construção das jogadas, o que poderia dificultar o seu trabalho de finalização. No entanto, o argentino afirmou que não ficou incomodado em mudar um pouco a sua característica de jogo.

— Não me incomoda porque eu fiz muitos gols saindo da área e entrando. Eu prefiro ficar dentro da área para ter oportunidades de gol, mas me adapto ao que treinador pede, porque ele está observando que eu posso fazer isso e trato de fazer. Eu gosto de sair um pouco, para conseguir uma infiltração e aproveitar um lançamento.

Fernando Diniz e mensagem ao torcedor

Com Lisca no passado, Germán Cano fez questão de afirmar que o seu jejum vai acabar o quanto antes e afirmou que o grupo vai se doar ao máximo mais uma vez com Diniz.

— Com esse novo treinador, vamos dar sempre o melhor. Eu sei que estou 10 jogos sem marcar, mas estou tranquilo porque confio na minha capacidade, sou um profissional e sei que isso vai acabar — afirmou Cano, que completou.

— Eu trabalho para fazer gols. No momento isso não está acontecendo. Tivemos pouco tempo de trabalho com diferentes treinadores e isso dificulta um pouco para o jogador se adaptar a ideia. Seguimos trabalhando, sabendo que todo dia podemos subir. Seguimos nesse caminho, acreditando na equipe já neste próximo jogo.

Por fim, Germán Cano deixou uma mensagem ao torcedor, na qual pediu paciência, desculpas pelo mal momento e crença de que o Vasco vai conseguir o acesso.

— Paciência, paciência torcedor vascaíno. Estamos trabalhando muito e acredito nos meus companheiros e na diretoria. Todos sabem o que eu estou falando. O grupo está fechado e as coisas vão mudar daqui para frente. Peço desculpas também pela má fase do time. Estaremos no final do ano comemorando o acesso — finalizou o artilheiro.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top