Futebol Internacional

Giggs compareceu ao tribunal na Inglaterra para se defender das acusações de agressões de sua ex-esposa

FOTO: REPRODUÇÃO/TWITTER FA WALES.

O ex-jogador Giggs que teve grande destaque com a camisa do Manchester United e recentemente estava no comando técnico da seleção do País de Gales, prestou esclarecimentos nesta quarta-feira (28) para a justiça da Inglaterra em Manchester. Giggs é acusado de agressões contra duas mulheres em 2017 e 2020.

A ida de Giggs ao tribunal reuniu grande repercussão na mídia da Inglaterra e também de curiosos, com repórteres acompanhando a audiência por um link de vídeo. Por causa das acusações, ele deixou de ser treinador e seu auxiliar ficou como técnico do País de Gales.

Entenda o caso

Giggs é acusado de ter agredido sua ex-esposa, Kate Greville, e sua irmã, Emma Greville, em novembro de 2020. Na ocasião ele pagou fiança e acabou sendo liberado. Além das agressões, Giggs é acusado por controle e comportamento coercitivo durante a relação com Kate, que durou entre 2017 e 2020. Segundo a promotora Andrea Griffiths, o ex-treinador do País de Gales isolava a mulher das relações sociais com amigos e colegas de trabalho.

+Ryan Giggs deixa comando técnico do País de Gales após acusação de agressão

Para saber mais sobre Seleções, siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitterFacebook e no Youtube.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top