Ponte Preta

Gilson Kleina abre trabalho sem vitória pela segunda vez na Ponte Preta

Kleina abre gestão sem vitória pela segunda vez em dois jogos na Ponte

Pela segunda vez, Gilson Kleina abre trabalho pela Ponte Preta sem nenhuma vitória nos dois primeiros jogos.

Técnico, na quinta passagem à frente da Macaca ao longo da carreira, soma um empate e uma derrota na Série B do Campeonato Brasileiro.

+ Com série de lesões, Rayan não joga quase 80% das partidas pela Ponte Preta

Em 2011, logo na estreia, paranaense amargou reveses diante de Mirassol, no Estádio José Maria de Campos Maia, pelo placar de 2 a 1, e Mogi Mirim, em casa, por 2 a 0.

No duelo seguinte, entretanto, Alvinegra alcançou reabilitação ao bater o São Paulo por 1 a 0, dentro do Morumbi.

Em 2021, quando retornou ao Majestoso para substituir Fábio Moreno, comandante somou um ponto em cima do Vasco da Gama (1-1) e foi superado pelo Sampaio Corrêa, em São Luís, por 1 a 0 – próximo compromisso é na quarta-feira, diante do Cruzeiro, na condição de mandante, às 21h30.

As melhores largadas de Kleina pela Ponte Preta ocorreram em 2017 e 2018, quando não alcançou acesso à elite nacional por um gol ou um ponto.

Na oportunidade, em sequência de sete vitórias e dois empates nos nove jogos finais, despachou CRB (1-0), CSA (2-1) e Figueirense (2-1).

Já em 2017, ano marcado pelo vice-campeonato paulista e rebaixamento no Campeonato Brasileiro, iniciou segundo trabalho com 100% de aproveitamento nos três primeiros duelos entre o fim da primeira fase e as quartas de final: Santo André (2-1), Palmeiras (1-0) e Santos (1-0).

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top